" SÓ AQUELES QUE TEM SUA CONSCIÊNCIA DESCAUTERIZADA PELO PODER DE REVELAÇÃO E ILUMINAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO EM SUAS VIDAS É QUE PODERÃO SEGUIR SUA CAMINHADA NESTE MUNDO, RETORNANDO AO SEU VERDADEIRO LAR, O CÉU, SENDO EM CRISTO, O ÚNICO CAMINHO. " - Domingo

27/09/2015 10:47
A EXPERIÊNCIA DA VOLTA PARA CASA!
“Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida...”
Sl 23.6
 
Davi conclui o salmo de forma esplêndida: na Casa do Senhor (Sl 23.6). É mais do que simplesmente uma festa. Era a celebração do aconchego, a celebração da verdadeira amizade. Como já disse, no mundo do Velho Testamento, comer e beber à mesa de alguém significava uma relação de vínculos, de lealdade das partes, podendo chegar até mesmo à celebração de alguma aliança.
Quando Davi diz que habitaria na Casa do Senhor, é mais do que uma visita entre amigos, é mais do que ser um hóspede por algum período. Trata-se de viver com Deus, de morar em definitivo com o Senhor. Na verdade, trata-se de convivência, do sentimento profundo de pertença. A vida de Davi pertencia a Deus e o Senhor o conduziria à sua Casa, pois o verbo habitar (habitarei) está no futuro. Davi tinha firme esperança da vida eterna com Deus, que já poderia ser desfrutada no presente.
Na noite em que Jesus Cristo foi traído, sentou-se à mesa com os discípulos, na última ceia, e disse assim: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue” (1Co 11.25). Celebraram a aliança do céu com a terra, do Pai com os filhos que estavam perdidos, mas agora achados e colocados à mesa da redenção. Celebraram a declaração de perdão de Deus através de seu sangue que seria derramado na cruz.
Referência para leitura: Salmo 23.1-6
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!