'' SEMPRE CASADOS & ENAMORADOS ''

11/06/2019 08:07

SEMPRE CASADOS & ENAMORADOS 

Muitos casais se desfazem declarando que com o tempo o amor entre eles acabou. E isso ocorre e muito no meio cristão. Então, como cristão, acredito, porém, que o que acabou foi a atração carnal e estética de um dos lados e quando não, dos dois. 

 

Onde o amor literalmente, do qual a Bíblia nos exorta a ter pelo cônjuge nunca, de fato, se iniciou ou existiu. Pois, na realidade, quando e onde este amor se inicia e existe, ele nunca deixa ou deixará de existir, nem o tempo, nem nada poderão extingui-lo. Pelo contrário, a tendência desse amor é crescer e se consolidar em cada um dos cônjuges. 

 

Fazendo com que estes passem a ser guiados e motivados por ele e nunca por outras coisas que com o tempo deixarão realmente de existir no que diz respeito a aparência física, estética e tudo o mais que é secundário no relacionamento conjugal. 

 

Porém, este sentimento, amor, com o tempo, deixou e deixa de ser um simples sentimento. Sendo agora um mandamento a se cumprir dia após dia. Não só por um temor a Deus, mas, também, agora, pelo desejo, prazer e obediência ao coração de cada um dos cônjuges. 

 

E isto porque esse amor no decorrer do tempo, os fundiu de tal forma e maneira, tornando-os de fato, mesmo que não aparente, mas, de fato isso ocorre assim, consistente, aderente e inexoravelmente em uma só carne. Onde a separação destes, traria e traz de uma forma inexplicável uma sensação de morte para ambos. 

 

Como que a ausência de oxigênio para respirar e manter-se vivo. Sendo, então, necessário, por uma questão de sobrevivência, que ambos continuem a investir, aprimorar, refletir e multiplicar deste amor, para que, somente, por ocasião da morte literal física de um ou de ambos este ciclo se encerre em suas vidas temporárias, que fora iniciado, guiado, processado e enfim findado pelo amor que os uniu até a morte. 

 

Conduzindo-os agora, para a vida eterna cientes de que por temor e amor a Deus cumpriram juntos a carreira que por Ele lhes foi proposta.

 


Sabendo que a Bíblia nos revela de antemão, que Deus é Amor. E se Ele é Amor, como acabaria o amor, como deixaria de existir o amor.

 


Por isso, Digo crendo. Esse Amor do qual falamos nesse contexto. Nunca de fato existiu no início do ciclo conjugal. Até porque O Amor que nos uniu É poderoso para manter até o fim o pacto por nós, os cônjuges firmados n'Ele, por Ele, para Ele é com Ele eternamente.

 

Pois, escrito está:

 

1 Coríntios 13: 1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine. 2. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. 3. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. 4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, 5. não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; 6. não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; 7. tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8. O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; 9. porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; 10. mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado. 11. Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. 12. Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido. 13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.

 

Cônjuges!!!

 

Orem constantemente um pelo outro para que a cada novo dia Deus lhes dê um novo homem para você esposa, uma nova mulher para você marido, para que cada um viva sempre uma novidade em amor e paixão sempre com o mesmo cônjuge. E creia que Ele faz, Ele pode sempre, todos os dias, fazer tudo novo de novo...

 

Pr. Élio Loiola

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!