O comercial do energético RedBull recebeu tantas críticas nas redes sociais que o Conar (Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária) julgará ainda esse mês para saber se a peça publicitária precisará ou não ser retirada do ar.

O filme com pouco mais de 30 segundos mostra, em desenho, Jesus e dois discípulos em um barco, cansado Jesus se levanta e sai andando pelo mar. Pedro então questiona como o Mestre conseguia andar sobre as águas e o segundo discípulo diz que “Ele só tomou um RedBull”.

Em seguida o próprio Jesus explica que não andava sobre as águas, apenas pisava nas pedras. A frase mais polêmica do vídeo é a resposta de Jesus: “Só tem que ficar esperto onde tem pedra”, o que foi entendido como um desrespeito à passagem bíblica seguida por cristãos do mundo todo.

A Arquidiocese do Rio informou que está analisando o caso juridicamente e o Conar, por sua vez,  informou que mais de 50 reclamações foram feitas a respeito desse comercial. A empresa alega que o vídeo não tem “nenhuma conotação negativa com a religião. E que, na verdade, é um comercial que faz uma brincadeira com o próprio produto”.

Mas no Youtube, inclusive na página da RedBull onde o anúncio foi publicado, há diversas opiniões a respeito. Muitos dos internautas acreditam que a empresa zombou da fé e ridicularizou a figura de Jesus Cristo. Se o Conar julgar positivamente para a empresa o comercial continuará sendo transmitido até o mês de novembro tanto na TV aberta como na TV paga.

Fonte: Gospel Prime