" GRAÇA É GRAÇA, E ONDE ELA ESTÁ DERRAMADA, MAIS NADA É NECESSÁRIO FAZER PARA DELA COMPACTUAR E USUFRUIR, NÃO HÁ MAIS OBLAÇÃO A SER FEITA POR MAIS NADA. " - Sexta Feira

24/07/2015 11:21
OUTRO EVANGELHO?
“...ainda que... um anjo vindo... vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema”
Gl 1.8
Quando você ora e a resposta demora, muitos dizem: “Algo deve estar errado em sua vida espiritual se você pede e não recebe o que pediu.” Essa capciosa sugestão induz-nos a erigir uma imagem de ouro pagã: nós mesmos! Devemos tornar-nos adequados através de sacrifícios financeiros, da quebra de maldições e de tantas outras coisas inseridas em campanhas que tendem a encher lugares e perpetuar o vazio existencial nas pessoas que a elas aderem, para que Deus nos ouça e aceite nossas orações. Esse é o discurso de outro evangelho, onde o homem é o centro e não Cristo.
A mensagem rende culto ao poder, ao dinheiro, à saúde e à qualidade de vida melhor. Esse evangelho, por quem os sinos dobram, arrebata corações e reúne um exército de seguidores que pensam e valorizam muito mais as coisas desta vida. Encorajo você a enxergar com a perspectiva de Deus, pois quando o fazemos, não nos preocupamos em enfrentar as tempestades e também não nos inquietamos com o futuro.
Quando a segurança da infalível graça de Deus é mais importante do que as circunstâncias que atravessamos, nada mais importa. Quando isso é uma realidade em nós, recebemos a liberdade para afirmar como Paulo: “Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos, se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos quer morramos, somos do Senhor” (Rm 14.8).
Referência para leitura: Gálatas 1.1-9
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!