" EM TUDO O QUE CONSTRUIRMOS, O PRINCÍPIO BÁSICO É QUE SEU ALICERCE SEJA FORTE, SÓLIDO E CONSTANTE PARA QUE POSSA SUPORTAR TODAS AS INTEMPÉRIES QUE VIRÃO CONTRA , DA MESMA FORMA NOSSA VIDA EM FAMÍLIA. " - Parte Final

30/03/2015 06:37
           Famílias alicerçadas na Rocha - Parte Final
          
Liberdade e ordem no lar
 
Todos os pais deveriam estabelecer regras e padrões no lar, você sabia que regras dão aos filhos um sentimento de segurança. Eles precisam saber não só o que é errado e o que não devem fazer, mas também o que é certo e o que devem fazer. Muitos pais ensinam somente aquilo que é errado e o que não podem fazer e deixam de ensinar aquilo que é certo e o que podem fazer (dar preferência aos outros, ser educado, cumprimentar). Para alguns pais a escolha entre o certo e o errado ou bem e mal é baseado naquilo que for conveniente para o momento. A tarefa dos pais é chamar de certo, errado, bem e mau o que Deus chama de certo, errado, bem e mau. 
 
Precisamos saber que o sim é tão importante quanto o não, ambos precisam estar em equilíbrio. Existem as regras e as leis, mas para que seus filhos façam isso você vai ter que treiná-los. Não exija algo que você não ensinou. A PD liga claramente as ideias do amor à disciplina, aquele que está sendo corrigido precisa entender o propósito da punição. 
 
E se as falhas não forem corrigidas com o passar do tempo, trarão uma dor maior e mais prolongada às suas próprias vidas. A falta de disciplina na vida de uma criança pode levá-la a rebeldia. A obediência cristã precisa começar no lar. É o único e verdadeiro caminho para uma vida realizada. Os pais que deixam de disciplinar os seus filhos serão disciplinados por Deus. Colheremos o que semearmos na vida dos nossos filhos – para o bem ou para o mal.
 
Não poderemos quebrar as leis espirituais de Deus da disciplina amorosa para com as nossas famílias sem sofrermos os resultados. (sacerdote Eli ISm 2:3-4)
 
Eli pagou um preço terrível, bem como os seus filhos pela disciplina que Deus teve que trazer para manter a pureza na linhagem sacerdotal.
 
O comportamento dos filhos
 
Os filhos devem aos seus pais não apenas obediência e submissão, mas também honra.
 
A Bíblia deixa claro que a benção do Senhor seguirá aos obedientes, e implicitamente diz que a maldição virá sobre o que desonra seus pais.
(Ef.6:1-3)
 
Há um texto bíblico que deixa claro o aspecto da maldição sobre os que desonram seus pais:
(Pv.20:20)
 
Honrar os pais não é algo que se faz apenas com palavras, mas principalmente com a conduta:
(Pv.10:1)
 
Os filhos devem aprender a valorizar seus pais como pessoas e também por sua missão:
(Pv.17:6), Pv.23:22)
 
Não se deve obedecer aos pais apenas por querer agradá-los, mas principalmente para se agradar ao Senhor.
(Cl.3:20)
 
Algumas estatísticas:
 
71 % das pessoas sofrem stress.
53 % das pessoas têm insônia.
1 a cada 2 novos casamentos terminam em divórcio.
 
Quase um terço das crianças que nascem são filhos de pais solteiros.
 
A pergunta é: É possível construir um lar sadio num mundo que há muito e cada vez mais se mostra doentio. É possível sim:
 
Se dermos vez aos princípios simples da palavra de Deus.
 
Se nos voltarmos para os ensinos de Deus.
 
Sim se dermos voz a quem instituiu a família.
 
O grande problema é que nós complicamos demais. O problema é que nós nos separamos do original. Nós complicamos tanto que daqui a algum tempo  as pessoas sequer saberão o que é família.
 
Isto é uma família! Casal e filhos construindo uma vida juntos, sob a direção de Deus.
 
Mas, construir um lar sadio depende de:
 
I – Depende de que tipo de pessoas nós somos.
 
O texto fala de dois tipos de pessoas: A pessoa prudente e a pessoa insensata.
 
Que tipo de pessoas nós somos faz toda diferença na maneira como construímos o nosso lar.
 
Se somos prudentesconstruiremos um lar sadio. Se formos insensatos construiremos um lar doentio.
 
Se você é prudente:
 
– A autoridade máxima em seu lar será o Senhor Jesus.
– O manual de instruções será a Bíblia Sagrada.
– A arma mais poderosa será a oração.
– Ser uma pessoa de bem será mais importante que bens.
– O caráter será mais importante que as riquezas.
– A presença será mais importante que os presentes.
– O seu lar será sadio, será uma bênção.
 
Se você for insensato o seu lar não será saudável.
 
II – Depende do fundamento sobre o qual edificamos.
 
O texto fala de dois fundamentos: A rocha e a Areia.
 
Onde você tem edificado o seu lar? Onde você pretende edificar sua casa? Sobre a rocha ou sobre a areia.
 
Quando construímos sobre a areia a chance de desabar é certa.
 
Quando construímos na rocha essa probabilidade não existe.
 
Talvez os terrenos da areia sejam mais baratos.
 
Talvez os custos da construção sobre a areia sejam menores.
 
Mas, meu irmão, logo a falha aparecerá.
 
Você quer construir um lar sadio?
 
1 – Então invista no fundamento. Firme-se na rocha.
 
2 – Então invista em material de primeira. Coloque os tijolos certos.
 
Use um material que o mundo não usa e que somente Deus pode fornecer.
 
O tijolo da comunicação, do amor, do respeito, do afeto, da amizade, do bom humor, da compreensão, dos sonhos compartilhados, da solidariedade, da cooperação.
 
3 – Então invista na cobertura certa.
 
Deixe que Deus cubra e proteja o seu lar.
 
4 – Então invista no projeto de vida certo.
 
O mundo tenta te vender um projeto falido.
 
Diga não a isso e assuma o projeto de Deus para a família.
 
III – Depende de que atitude nós tomamos.
 
O texto fala de duas atitudes: ouvir e praticar e ouvir e não praticar.
 
Há as pessoas que ouvem a palavra de Deus e as praticam.
 
Há as pessoas que ouvem e não as praticam.
 
Se você for um ouvinte praticante da palavra de Deus você construirá um lar sadio.
 
Se você for um ouvinte não praticante da palavra de Deus você construirá um lar doentio.
 
Quer construir um lar sadio? Ouça a voz de Deus e pratique a palavra de Deus.
 
– O texto fala de dois tipos de pessoas diferentes.
– O texto fala de dois fundamentosdiferentes.
– O texto fala de duas atitudes diferentes.
 
O texto fala de circunstâncias iguais sobre as duas casas.
 
As circunstâncias são as mesmas, o mundo que vivemos é o mesmo.
 
A diferença está na pessoa que somos – no fundamento que edificamos e na atitude que tomamos.
 
Se no seu casamento, na sua família está tudo errado, você começou errado, não desanime Deus sempre nos dá uma segunda chance. Não desista! 
 
Há esperanças e saídas.
 
Ore incansavelmente, converse com o seu cônjuge, exponham suas dúvidas, sentimentos emoções, preocupações, necessidades e orem juntos a respeito do que lhes aflige.
 
Não se esqueça de também de procurar os seus pastores, eles são as pessoas mais indicadas para te ajudar.
 
A palavra de Deus é eficaz e ela tem poder para transformar vidas e casamentos.
 
Deus quer que o casamento seja respeitado, o lar desenvolvido e a unidade da família preservada.
 
Apegue-se aos preceitos divinos, aceite o desafio e faça do seu lar, da sua família, uma bênção em nome do Senhor Jesus!

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!