" APRENDENDO A VIVER A VIDA CRISTÃ NA PRÁTICA DIÁRIA, ATRAVÉS DOS SÁBIOS CONSELHOS DOS PROVÉRBIOS BÍBLICOS. " - TERÇA FEIRA

29/01/2019 12:48
Provérbios 29:22
 
 
O homem iracundo levanta contendas; e o furioso multiplica as transgressões.
 
 
 
 
A raiva destrói o homem. Ela é uma maldição em suas vidas. A raiva gera a briga e o pecado. Ela cega e é perigosa. Um homem com raiva não pode ignorar ofensas (Pv 19:11). Ele reage sem pensar, o que leva à briga (Pv 15:18). Há pouca paz para aqueles à sua volta, porque ele explodiu recentemente ou é provável que exploda em breve. Ele reage sem pensar e diz e faz coisas pecaminosas no calor diabólico da sua tola paixão. Ele é um insensato (Pv 14:29).
 
Se você deseja a paz e a justiça em sua vida, fique longe de um homem raivoso. Sua maneira profana de responder à vida corromperá as suas boas maneiras (Pv 22:24-25). Deus teve misericórdia da pobre mulher que se casou com um homem raivoso, e Deus teve misericórdia das pobres crianças que nasceram de um homem raivoso. Suas vidas são malditas com o coração diabólico do seu marido ou do seu pai, que pode num momento partir para um ataque e bater neles, como pode amá-los e abraçá-los.
 
Um homem raivoso perderá a sua mulher, filhos e a reputação. Um homem com raiva não se controla, como uma criança ou uma cidade indefesa (Pv 25:28; ICo 3:1-3). Seus filhos não veem o dia em que poderão deixar a casa para encontrar a paz e a segurança que ela nunca lhes deu. Mas é claro, homens raivosos são estúpidos demais para entender isto até que é tarde demais. As crianças não darão muitos avisos, pois temem a ira e as pancadas. Eles acenam um sim com a cabeça e se submetem, desprezando o pai em seus corações, até que possam deixar a casa e ter uma vida agradável, sem medo.
 
Antes que as mulheres pensem que este provérbio não é para elas, lembrem que Salomão em Provérbios, como os demais escritores da Bíblia, com frequência se referem aos dois sexos como um homem. Este provérbio se aplica com a mesma força contra mulheres raivosas, pois a raiva deve ser vista como a posição mais baixa da dignidade e natureza da mulher do que a dos homens. Um membro do sexo mais frágil conhecida pela raiva e a fúria, certamente é uma perversão da humanidade.
 
Você é um homem raivoso? Você fala impulsivamente? Você bate impulsivamente? Você grita com a sua mulher ou com seus filhos? Você fala coisas duras quando outros questionam ou condenam? As pessoas sentem a sua falta? Você é conhecido como um homem agradável ou um homem difícil? A sua mulher e os seus filhos dizem para você tudo o que estão pensando? Você governa pela intimidação ou pela afeição? A sua mulher continua com você porque ela tem que ficar ou porque deseja ficar? A sua mulher e os seus filhos evitam você por medo do seu mau humor? Você é um homem raivoso?
 
Você é um homem raivoso? Você se altera por qualquer coisa? A intensidade da sua reação corresponde com a situação ou que excede à mesma? Deixe que os outros julguem. O que eles pensam? Raramente podemos ver a nós mesmos como realmente somos. Você é capaz de ignorar as ofensas fácil e rapidamente? Ou você tende a amargura? Você se envolve emocionalmente quando a emoção deve ser rigidamente governada? Você se inflama contra a crítica ou contra a correção? Você consegue agradecer rapidamente a uma pessoa que chamou a sua atenção por reagir excessivamente? Você aprecia a confrontação e a encara como um projeto? Você transforma diferenças menores em conflitos? Você é um homem raivoso?
 
Você é um homem raivoso? Meça o quanto você é ou não raivoso pelo número de amigos que você tem, pois a maioria das pessoas evitará um homem raivoso. Meça sua raiva pela estabilidade e a duração das suas relações e associações passadas. Meça pelo quanto os seus filhos desejam estar com você, sejam elas crianças ou adultas. Afinal de contas, eles lhe conhecem melhor, e eles são os que estão mais dispostos em lhe perdoar. Meça pelo que as demais pessoas o consideram - como uma pessoa crítica ou mansa e gentil? Meça pela frequência com que você tem disputas com outras pessoas ou que nunca se envolve em disputas? Você é um homem raivoso?
 
A raiva não é uma virtude, exceto por aqueles raros momentos e ocasiões santas quando a justa indignação irrompe contra a impiedade. Nem toda a raiva é pecado, mas a maioria das vezes o é (Ef 4:26)! E as terríveis paixões da maioria da raiva dá lugar ao diabo em sua vida (Ef 4:27). O abençoado Deus celestial, o Qual é santo em todos os Seus caminhos, fica irado e furioso contra os Seus inimigos (Na 1:2-6). Ele se inflama em ira contra o pecado (Ap 19:15). O muito calmo Moisés teve raiva (Êx 32:19). E até o próprio Jesus ficou com raiva (Mc 3:5).
 
Entretanto, a raiva sem a justa causa é uma violação do sexto mandamento - "Não matarás" (Mt 5:21-22). Não faz diferença se você não conseguiu controlar a sua raiva; muitos assassinos tentaram a mesma desculpa. Não importa se o seu temperamento é tendencioso a explosões de raiva - você é um homem fraco. Cresça! Pare de ser uma criança que faz pirraça! Se fortaleça e governe o seu espírito (Pv 14:29; 16:32; Tg 1:19-20). "Cruel é o furor e a impetuosa ira" (Pv 27:4). Aprenda a amar a paz da sabedoria (Tg 3:14-18)!
 
O provérbio ensina, "O homem iracundo levanta contendas". A raiva gera brigas (Pv 15:18). Uma resposta branda desvia a raiva, mas as palavras pesadas suscitam a raiva (Pv 15:1). Um homem raivoso não pensa antes de falar ou de reagir, e por isso ele provoca a raiva e a briga quando um conflito poderia ter sido evitado. Roboão, o filho de Salomão, respondeu duramente a Israel o que o levou a perder 10 das 12 tribos, porque ele os provocou à ira e à inimizade pela sua tola conduta. É impossível brigar contra um travesseiro, e o homem que retarda a sua raiva é um santo travesseiro.
 
O provérbio ensina, "o furioso multiplica as transgressões." Falar e agir impulsivamente, geralmente leva ao pecado. Homens raivosos são confusos demais e enraivecidos para poderem examinar e controlar suas palavras ou ações pela sabedoria. Eles simplesmente reagem com os instintos profanos dos seus corações depravados, e o pecado é o resultado garantido. Até mesmo Moisés que era, geralmente, um homem manso e paciente, deixou Israel provocá-lo ao ponto dele falar irrefletidamente e golpear a pedra a qual Deus tinha lhe dado ordem somente para falar (Sl 106:32-33). Uma reflexão fria e calma é o que conduz à sabedoria e à prudência, não à paixão e à fúria da raiva.
 
A raiva raramente opera para a justiça de Deus (Tg 1:19-20). Portanto, você precisa aprender a conter o início da raiva em sua alma. Se você conhece pessoas ou situações que provocam a sua raiva, é melhor você evitá-las ou se prepare de antemão. Aprenda a esperar antes de dar margem à sua raiva. Deixe que o temor de perder a sua mulher, seus filhos e a sua reputação o ensine o valor precioso da bondade, da misericórdia e da paciência. É algo glorioso quando um homem consegue adiar a raiva (Pv 19:11). Aquele que governa o seu espírito é um grande homem (Pv 14:29; 16:32).
 
Pais, você precisam treinar os seus filhos para retirar deles esta maldição. Não há lugar para a raiva na maneira que os seus filhos se relacionam uns com os outros, com seus amigos, ou mesmo com você. Exija a mansidão, a bondade, o servir e a reverência em toda situação. Não permita o orgulho e a ira egoísta que destrói almas e famílias. Também, não permita que a fúria emburrada e introvertida que queima mais tempo e profundamente. Toda amargura e rancor deve ser descoberta e destruída.
 
Deus ordenou você a rejeite toda a amargura, ira, raiva e malícia (Ef 4:31). Estes pecados são totalmente inaceitáveis ao abençoado Deus e à religião cristã. Eles conduzirão a brigas, desavenças e outros pecados que não têm o direito de estar na sua vida. Ao invés disso, você precisa ser bondoso, complacente e pronto a perdoar aos outros. E qual é o motivo e o padrão para este comportamento não natural? O tratamento de Deus para com você em Cristo Jesus (Ef 4:32)!

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!