" APRENDENDO A VIVER A VIDA CRISTÃ NA PRÁTICA DIÁRIA, ATRAVÉS DOS SÁBIOS CONSELHOS DOS PROVÉRBIOS BÍBLICOS. " - SEXTA FEIRA

25/05/2018 09:39
Provérbios 25:12
 
 
Como pendentes e jóias de ouro puro, assim é o sábio repreensor para o ouvido atento.
 
 
Se um não quer, dois não brigam! Para dançar o Tango, precisa-se de duas pessoas! Relacionamentos humanos exigem pelo menos duas pessoas. Se nenhum desistir ou perdoar, haverá conflito. Se nenhum é amargurado ou egoísta, haverá amor. Para que se tenha uma bela joia, também é preciso duas. Se um reprovador corrige e instrui um ouvinte submisso, uma bela combinação ocorrerá com o resultado certo de crescimento em sabedoria. Você é estas duas coisas?
 
O símile compara duas coisas semelhantes usando "assim" ou "como". Um reprovador aplicando uma correção a um ouvinte submisso é como um belo brinco de ouro em uma atraente orelha, ou como uma joia decorativa, ou uma peça de arte em ouro fino. Brincos de ouro são lindos, como também são os criativos trabalhos de arte, ou como uma peça de arte em ouro. Da mesma forma, um reprovador cuidadoso falando fiel e bondosamente a um obediente ouvinte é semelhante a algo bonito.
 
Um reprovador sábio é capaz de repreender e advertir aqueles que estão fora do caminho da justiça. Ele é discreto e prudente. E escolhe as ocasiões e as suas palavras cuidadosamente. Ele nem é duro demais nem tolerante demais. Ele não impõe preferências pessoais, mas ele aplica e defende a Palavra de Deus. Ele aborda o confronto com humildade e afeição, desejando verdadeiramente o melhor para os outros (Lv 19:17; Gl 6:1-3; ITs 5:14; IITm 2:24-26).
 
Um ouvido obediente é um ouvinte submisso e disposto - a orelha sendo a sinédoque para uma pessoa que ouve obedientemente com suas orelhas. Como os nobres Bereanos, eles de boa vontade receberam a repreensão e a instrução de boa mente (At 17:11). Como Cornélio, eles querem saber o que podem fazer de uma forma diferente para agradar a Deus e os homens (At 10:33). São pessoas excepcionais no sentido em que apreciam o valor de uma sábia repreensão e ensino (Pv 9:9; Pv 27:5-6; Sl 141:5).
 
Natã, o profeta e Davi, o rei, foram maravilhosos! Davi era culpado de adultério agravado e assassinato. Natã, um sábio reprovador inspirado, veio discretamente com uma história triste e provocadora de uma cruel opressão por parte de um homem rico em relação a um homem pobre. Davi, uma orelha obediente, ficou justamente indignado pela opressão e confessou o seu pecado (IISm 12:1-14).
 
O dia de Pentecostes foi maravilhoso! Pedro, cheio do Espírito Santo foi realmente um sábio repreendedor, pois ele repreendeu os judeus por terem crucificado ao Senhor e Cristo de Israel (At 2:14-36)! Três mil ouvintes, tocados em seus corações pela sua gloriosa mensagem, foram orelhas obedientes mesmos, pois imediatamente desejaram saber como se arrependeriam (At 2:37-41).
 
Repreendedores sábios são frequentemente frustrados por orelhas desobedientes! Não existe beleza quando ouvintes arrogantes, resistentes ou rebeldes rejeitam a repreendedores sábios e hábeis. Mesmo quando abordam o ofensor com cuidado e amor, eles são rechaçados e odiados por ousar corrigi-los (Pv 9:7-8; 23:9; 29:1; Mt 7:6). Nosso Senhor, que sempre foi um sábio repreensor, foi rejeitado em Sua cidade natal, apesar de ser extremamente afável (Lc 4:14-30).
 
Ouvidos obedientes são, com frequência, frustrados por repreendedores preguiçosos. Algumas vezes a reprovação é feita de uma maneira deficiente e, por isso os ouvintes são ofendidos (IRs 12:1-9). Outras vezes a repreensão nem é feita e, assim, os ouvintes necessitados, que anseiam por uma correção e instrução em justiça, seguem sem qualquer auxilio (Jr 23:22; Ez 33:7-9; Mt 9:37-38).
 
Pastores fiéis têm trabalhado muito com poucos resultados pelo fato dos ouvintes serem intratáveis e rebeldes - orelhas desobedientes que se recusam a obedecer (Jr 25:4; 29:19; Ez 33:30-33). O sangue dos ouvintes estará sobre as cabeças deles. E ouvintes submissos foram privados por pastores tolos e preguiçosos (Jr 23:25-32; ITm 4:16). O sangue dos ouvintes estará sobre a cabeça dos pastores!
 
Leitor, você é as duas coisas? Você é tanto um repreendedor sábio e um ouvinte submisso? Você precisa ser as duas coisas para ser sábio. Sabedoria é, em primeiro lugar, medido pela sua habilidade de receber a repreensão e o aviso para poder aprender (Pv 1:5; 8:33-36; 2:1; 15:5,31-32). Mas a sabedoria também é medida pela sua habilidade de cuidadosamente dispensar a repreensão para aqueles necessitados dela (Pv 24:26; 25:11; Rm 15:1; Gl 6:1; Ef 4:29).
 
Você é uma peça preciosa de ouro à vista de Deus? Ou um mau cheiro às Suas narinas? Que cada homem tome cuidado com o que ouve e o que fala! Você prestará contas de cada palavra de repreensão que você ouviu e de cada palavra dada como repreensão! Você foi avisado!
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!