" APRENDENDO A VIVER A VIDA CRISTÃ NA PRÁTICA DIÁRIA, ATRAVÉS DOS SÁBIOS CONSELHOS DOS PROVÉRBIOS BÍBLICOS. " - SÁBADO

23/03/2019 11:16
Provérbios 23:20
 
 
Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne.
 
 
A América do Norte é a terra da fartura. Existe uma abundância de tudo. Mas isso nem sempre é uma bênção, pois pode se tornar em uma tentação. Homens jovens, cheios da insensatez e da vaidade da juventude, abusam daquilo que foi criado para o benefício deles. Eles realizam competições de bebidas e têm hábitos que promovem a glutonaria.
 
Salomão advertiu o seu filho contra a embriaguez e a glutonaria (Pv 23:19), porque eles destroem um homem e o levam à pobreza (Pv 23:21). Temos aqui um sábio conselho para os homens jovens. Os animais festeiros exaltados por esta perversa nação, que vê a embriaguez e a glutonaria como esportes inócuos e ritos de sucesso, são sintomas certos da depravação moral de uma sociedade doente.
 
O que é um beberrão? É uma pessoa que bebe vinho demais; um bêbado! O paralelismo mostra um bêbado sendo analisado (Pv 23:21). Os homens jovens devem rejeitar qualquer companheiro que bebe até o estado de embriaguez, e pais piedosos precisam ajudá-los a fazer isso. Jesus foi falsamente acusado de ser um beberrão, ou um bêbado (Mt 11:19; Lc 7:34), porque, diferente de João Batista que não bebia, ele bebia vinho com moderação (Mc 14:25; Lc 1:15).
 
O que é um devorador ávido por carne? Uma pessoa que come carne demais; um glutão! O contexto indica claramente pelo seu paralelismo que o glutão está sob consideração (Pv 23:21). Homens jovens deveriam rejeitar quaisquer companheiros que comem até à glutonaria, e pais piedosos que os auxiliará na rejeição de tais insensatos. Jesus foi falsamente acusado de ser um glutão (Mt 11:19; Lc 7:34), só porque Jesus comia alimentos normais que João Batista não comia (Mt 3:4).
 
Embriaguez e glutonaria são pecados normais na América. Quando foi a última vez que você ouviu um sermão contra a glutonaria? Como isso poderia acontecer vindo de um pastor pesando 130 quilos, com uma esposa sentada no coral pesando 130 quilos? Poderiam fazer críticas severas contra a cerveja e o vinho, enquanto isso, os dois poderiam estar comendo uma torta de chocolate coberto de creme de chantili e bebendo uma Coca-Cola normal de 2,75 litros!
 
As festas de comidas e bebidas das associações de estudantes universitários são bem conhecidas - na Bíblia são chamados de bebedeiras, excesso de vinho, dissoluções, contendas, e glutonaria (Lc 21:34; Rm 13:13; IPe 4:3). A América está se afogando nas profundezas da fossa moral quando as suas instituições, do mais alto grau de ensino, promovem os dois vícios, contrariando as escrituras e a razão.
 
Deus é santo; a vida é sóbria. O alimento é para dar força; o vinho é para relaxar (Sl 104:14-15; Ec 10:16-17). O alimento não é para se empanturrar; o vinho não é para o "vira, vira, vira, virou". Competições para beber e comer são as características de insensatos. Piedosos homens jovens evitam e rejeitam tais excessos estúpidos, não importando com o que têm de aguentar, pois eles sabem que Deus está vindo em juízo para julgar tais pecados (IPe 4:4-5). Beberrões, assim como os sodomitas não estarão no céu (ICo 6:9-11)!

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!