" APRENDENDO A VIVER A VIDA CRISTÃ NA PRÁTICA DIÁRIA, ATRAVÉS DOS SÁBIOS CONSELHOS DOS PROVÉRBIOS BÍBLICOS. " - QUINTA FEIRA

27/06/2019 11:00
Provérbios 27:25
 
 
Quando se mostrar a erva, e aparecerem os renovos, então, ajunta as ervas dos montes.
 
 
Dinheiro cresce em árvores? Esta pergunta, bastante comum, é usada para repreender um perdulário pela óbvia resposta negativa. Mas a resposta sábia é, definitivamente, positiva! Sim, dinheiro cresce em árvores ... em campos ... e nas montanhas! Sim, realmente! Louvado seja o abençoado Deus do céu pela sua maravilhosa bondade para com os homens! Pela providência da agricultura sazonal, Ele oferece um meio de vida para aqueles que farão a colheita! A terra produz uma renda potencial para aqueles que se empenham nela.
 
O rei Salomão ensinou o seu povo a trabalhar de uma forma esperta e ser bem sucedido (Pv 27:23-27). Para motivá-los a desenvolverem esse trabalho e privilégio, ele lembrou a eles que as riquezas e as posições não duram para sempre. Ele escreve, “Porque as riquezas não duram para sempre; e duraria a coroa de geração em geração” (Pv 27:24)? As riquezas têm uma mania de voar para longe - somente homens fortes conseguem retê-las; (Pv 11:16; 23:4-5) e muitos outros fatores trabalham para remover reis de suas posições.
 
Trabalhar com esperteza aqui é o de considerar cuidadosamente seus meios de receita para aumentar o seu potencial e guardá-lo da erosão (Pv 27:23). O homem não pode ficar acomodado em ir para o trabalho todos os dias, pois um dia o seu emprego ou o seu negócio pode desaparecer. Ele deve analisar o seu ramo de atividade, o seu papel naquela indústria e determinar quais são os ajustes, melhorias ou precauções que ele deve tomar.
 
Para motivá-los, ainda mais, Salomão lembrou a eles a respeito da benção de Deus sobre a agricultura e, por este motivo, o provérbio de hoje. O feno aparece! Pastos não precisam ser arados, plantados ou cultivados! Feno aparece! Ele pode ser cortado rente ao chão, posto a secar ao sol, ajuntado em fardos, e armazenados para o inverno. Deus faz a parte dele, portanto, não fazer a sua parte é grande loucura e preguiça! Que alma ingrata, se você não utiliza alegre e diligentemente de Sua boa contribuição!
 
A tenra grama aparece por si! Depois de ser cortado ou ter servido de pasto, grama nova rapidamente cresce por si mesmo por ordem celestial! Ela se reproduz automaticamente! Ela cresce espontaneamente! Novamente, não há necessidade de arar, plantar ou cultivar! O Deus abençoado dá e torna a dar de novo; e Ele chama os homens para diligentemente utilizarem aquilo que Ele provê. O fazendeiro, usando sabiamente os seus campos, direciona e redireciona os seus rebanhos para desfrutarem de uma festa maravilhosa - lucrativa para eles e para ele!
 
O mesmo é verdadeiro a respeito das ervas nas montanhas. Mesmo nos lugares menos férteis, Deus abençoa a terra de forma a produzir uma variedade de vida vegetal para o uso e lucro do homem. O que é que o homem precisa fazer para obter um lucro? Ajuntá-lo! Fique descansando na cama, enquanto o dinheiro cresce nas montanhas!
 
O Deus abençoado prove todo essa produção para dar um testemunho positivo de Sua bondade para com os homens, que têm os seus corações cheios de alimento e felicidade das estações frutíferas (At 14:16-17). Você já agradeceu a Ele (Sl 104:23-24)? Você as usa como devem ser usados?
 
A agricultura é uma dádiva de Deus. Ele criou a terra seca e toda a vida vegetal no terceiro dia, e foi bom (Gn 1:9-13). Em seguida Ele determinou que essas plantas servissem como alimento, tanto para o homem como para os animais (Gn 1:29-30). O homem descobriu a agricultura e os diversos tratamentos a serem aplicados aos grãos por erros e omissões? Não! Se assim tivesse sido, ele poderia ter morrido de fome nesse processo! Deus deu a ele uma sabedoria inspirada para saber como cultivar, colher e processar o produto de cada tipo de planta (Is 28:23-29).
 
A agricultura é uma profissão. As bênçãos de Deus também assistem nas receitas de outras atividades e ocupações. O químico se beneficia das leis divinas da sinergia; o banqueiro facilita o uso produtivo do seu capital (Pv 14:4); o médico descobre curas e terapias pelas bênçãos celestiais (Pv 8:12); o engenheiro usa as leis de Deus da física e da propriedade das matérias para o benefício do homem. Deus abençoa e abençoará todas as nobres profissões (Pv 8:12-21).
 
Qual é a lição? Deus providencialmente contribui para os lucros do trabalho sábio e diligente. Um motivador para o trabalho é esta benção divina que multiplica os seus esforços. Se você esbanja bondade, você não será punido com a pobreza. Portanto, preste muita atenção aos seus rebanhos, pois as riquezas não duram para sempre. Identifique as bênçãos de Deus sobre a sua profissão ou negócio e explore-o pelos seus lucros e prazeres, dando graças a Deus pela Sua grande bondade.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!