" APRENDENDO A VIVER A VIDA CRISTÃ NA PRÁTICA DIÁRIA, ATRAVÉS DOS SÁBIOS CONSELHOS DOS PROVÉRBIOS BÍBLICOS. " - QUARTA FEIRA

26/09/2018 08:06

Provérbios 26:16

 

Mais sábio é o preguiçoso a seus próprios olhos do que sete homens que sabem responder bem. 

 

Homens preguiçosos sempre têm uma desculpa. Indolentes nunca admitem que são preguiçosos perdedores. A arrogância deles rejeita a correção e a instrução, o que é uma maldição horrível (Pv 26:12). Eles criam desculpas arrogantes por serem subempregados, e estão sempre na retaguarda dos seus pares. Se sete homens nobres e bem sucedidos afirmam que a preguiça é a razão, o preguiçoso rejeita a opinião deles com desdém.

 

O preguiçoso é uma pessoa natural ou habitualmente lenta e preguiçosa. Ela não gosta de trabalho ou esforço; ele prefere a inatividade e o descanso. Ele é negligente no cumprimento dos seus deveres. Ele se move lentamente, gosta de conversar e determina o ritmo de suas tarefas. Suar é um risco para ele; rapidez é perigoso; e aplicação concentrada é algo que nunca experimentaram. Ele prefere falar, brincar ou dormir.

 

Indolentes podem ser surpreendentemente arrogantes. Eles recusam admitir suas falhas. Eles inventam desculpas para justificar seus hábitos inferiores de trabalho quando comparados com os de homens diligentes e bem sucedidos. Eles pensam, com desdém, que são superiores a esses homens prósperos; eles culpam outras forças além do seu controle que os impede de obter o mesmo sucesso. São insensatos (Pv 12:15).

 

Os indolentes podem ser identificados bem cedo na vida. Até mesmo se conhece a criança pelas suas ações (Pv 20:11). Jovens diligentes não se tornam velhos preguiçosos, e jovens indolentes não se tornam homens velhos diligentes. Os hábitos da juventude se tornam os mesmos hábitos da velhice. O caráter inferior e o treinamento do indolente o punirão com pobreza e dificuldades através da vida (Pv 6:6-11; 10:4; 13:4; 19:15; 20:13). Pais devem eliminar esses defeitos e ensinar boas atitudes e hábitos de trabalho.

 

Indolentes com escolaridade inferior culparão a sua falta de formação, apesar de que há muitos homens ricos com menos formação! Indolentes de raças diferentes culparão a cor da sua pele, mesmo tendo homens ricos de várias raças e cores em sua cidade! Indolentes advindos do lado pobre da cidade culparão sua criação, mesmo sabendo que há outros homens que mudaram para o outro lado da cidade através de trabalho diligente!

 

Discriminação é só uma desculpa para os indolentes! Um homem com qualquer nível educacional ou origem racial ou de famílias pobres, encontrará sucesso se for diligente no trabalho. Empregadores não se importam com cores, grupos étnicos, ou com as notas escolares médias na escola, se o homem for o empregado mais pontual, dedicado e disposto no escritório ou na fábrica! Mas, claro, os indiligentes sempre culpam uma conspiração ou uma discriminação pela sua pobreza!

 

Qual é a cura para um indiligente? Deixe-o ficar com fome (Pv 20:4; IITs 3:10)! Alimentar um indiligente o encoraja a ser preguiçoso. Indiligentes não merecem caridade. A nossa sociedade perpetua a indiligência ao prover auxílios sociais para as pessoas preguiçosas. Não há professor melhor do que a fome, pois a barriga do homem fará com que ele rapidamente se esforce para fazer alguma coisa (Pv 16:26; Ec 6:7)!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!