" AO APRENDERMOS A COMPARAR NOSSA VIDA TERRENA COM A ESPIRITUAL, A PASSAGEIRA COM A ETERNA, CREIO QUE SABEREMOS TOMAR MELHORES DECISÕES, COM MELHORES CONSEQUÊNCIAS. "

13/12/2016 11:31
APRENDER A CONTAR PARA NÃO SE DECEPCIONAR                                              
 
" Ensina-nos a contar os nossos dias e usar nosso pouco tempo para conseguirmos a tua sabedoria. "           Salmo 90 : 12   
______________________________________________________________________________
                                       
Assim como a Bíblia não diz, não explica o que é felicidade, mas diz quem são ou serão felizes, igualmente é a questão da nossa morte, caso venhamos um dia por ela passar, pois como cristãos cremos não só na ressurreição dos mortos, mas também cremos no arrebatamento em vida.        Mateus 5: 3 - 12
 
POR ISSO PRECISAMOS APRENDER A CONTAR OS NOSSOS DIAS NESTE MUNDO, EM RELAÇÃO À ETERNIDADE QUE NOS FOI DADA A VIVER APÓS ESTES DIAS AQUI.
 
Onde poderemos decidir onde, em que lugar e com quem passaremos esta eternidade.
 
Pois as Escritura nos diz a respeito de dois homens que por andarem com Deus fiel e lealmente em sua caminhada, não conheceram a morte física, a morte terrena da qual estamos tão acostumados a presenciar e contemplar em nosso viver terreno.
 
Estou falando de Enoque e também de Elias, onde ambos foram retirados desta terra sem passar pela morte, pois Deus os levou para si, no processo do arrebatamento em vida. Hebreus 11:5; 2 reis 2:11,12
 
E esta promessa é manifesta também à Igreja de Cristo, no tempo por Deus determinado para vir buscar a Sua Igreja, fiel, leal e imaculada em relação aos pecados da humanidade. Onde os desta época em questão serão de fato arrebatados por Deus, sem conhecer a primeira morte.
1 Tessalonicenses 4: 13 - 18
 
Não sabemos de fato, quando isto ocorrerá, mas é fato iminente de que ocorrerá, nem tão pouco sabemos o dia da nossa morte, a morte física, pois isto é relativo para com todos, em suas individualidades.
 
Pois Há aqueles que morrem já velhos, avançados em idade, os que morrem em sua meia idade, outros em sua mocidade, outros em sua adolescência, outros em sua infantilidade, uns ainda bebes, e outros ainda nem chegam a nascer, pois morrem ainda nos ventres de suas mães, os natimortos, e ainda os que são abortados seja involuntariamente por motivos de saúde, ou voluntariamente por vontade manifesta de suas mães.
 
Mas, o que podemos saber no caso de nossa morte, é para onde iremos, pois esta revelação nos é aberta explicita e conclusivamente pela Bíblia.
Apocalipse 21: 1 - 8
 
Então, neste caso, o que precisamos decidir, e isto cabe a cada um de nós decidirmos.
 
É para onde escolhemos ir, sim, a escolha é totalmente nossa, porém, cabe aqui uma explicação.
 
Antes de Jesus Cristo vir a este mundo, viver e morrer nele, cujo esta morte nos trouxe o benefício do perdão eterno, pois já estávamos condenados à perdição eterna, em um poço de tormento eterno, não tínhamos escolha, mas a partir de sua primeira vinda, e de sua morte por nós na cruz, abriu-se esta grande possibilidade a todos nós.  João 1:29
 
Pois, ao aceitarmos a Ele como o nosso único Senhor e Salvador, estamos realmente salvos daquela condenação que nos era imposta. João 1: 11,12
 
Agora não, a decisão se continuamos ou não amaldiçoados é total e exclusivamente nossa, Deus nos tem dado o direito de escolha, de decisão.
 
Deus já não mais impõe sobre nós a morte eterna, mas propõe a toda a humanidade a vida eterna em seu Filho e por meio d'Ele exclusivamente.
Deuteronômio 11: 26,27,28; 1 João 5: 6 - 12
 
Ele é O Único Caminho possível proposto por Deus a nós para esta vida eterna no Paraíso, a nova cidade celestial que foi preparada pelo próprio Deus. João 14:6; Apocalipse 21: 9 - 27, João 14: 1 - 4
 
Concluindo amados, não sabemos o dia do arrebatamento, nem se seremos participantes dele ou não, não sabemos também o dia de nossa morte, mas, com certeza, à luz da Bíblia, a Palavra de Deus, podemos sim, saber para onde iremos e onde permaneceremos eternamente após a nossa morte.
 
Acrescentando o fato de que, aqueles que hoje morrem, sem decidir por aceitar a Cristo por fé exclusiva n'Ele, além de serem participantes da primeira morte, a física, serão também participantes da segunda morte, a espiritual, que é a total e eterna separação de Deus.
 
Sendo que estes também um dia ressuscitarão, mas, na segunda ressurreição, esta é para a execução da condenação eterna, onde devido a sua própria recusa, condenaram-se a si mesmos.
Excluindo as crianças que não tem como assimilar esta salvação em suas mentes, e Jesus Cristo declarou aos seus ouvintes e discípulos, que a eles pertence o reino de Deus. 
Enfatizou ainda que para todos quantos queiram ser participantes deste reino devem ser tal qual uma criança,  inocentes e dependentes de seus pais.
Tito 3: 8 - 11; Apocalipse 20: 5,6, Mateus 19:14, 18:3. 
 
Neste contexto, a única atitude sábia a se tomar é se arrepender e retornar a Deus neste arrependimento sincero, para d'Ele receber o perdão e também a completa e eterna salvação de nossas almas, outrora condenada ao tormento eterno.
 
Bem, isto cabe a cada um de nós tomar tal decisão, ou não. Romanos 14:12
 
Esta escolha é que demonstrará se conseguimos ou não, obter de Deus, a sua sabedoria. Tiago 3: 13 - 18
 
Sabendo que, a Bíblia ainda nos ensina que o princípio de toda a sabedoria, está em temer ao Senhor.  Provérbios 1; 1 - 36
 
Na graça e paz abundantes de Jesus Cristo, O Senhor! 
 
Pr. Élio Loiola             
 
Comunidade Só em Cristo Há Vida
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!