" CONFORME A PALAVRA DE DEUS, NÃO DEVEMOS ATENTAR PARA A PROSPERIDADE, FELICIDADE E TUDO MAIS DAQUELES QUE NÃO SE COMPROMETEM COM DEUS E COM SUA PALAVRA, POIS SÃO FASES PASSAGEIRAS E TERRENAS QUE EM TEMPO DETERMINADO FINDARÃO." - Quarta Feira

08/07/2015 07:28
CRISE DE FÉ
“...fiquei sobremodo perturbado; até que entrei no santuário de Deus; então, entendi eu o fim deles”
Sl 73.16-17
Asafe, autor do Salmo 73, estava mergulhado numa crise de fé. O fato é que, independentemente de suas circunstâncias pessoais, ao observar a vida dos ímpios, julgou, por um breve período, ser mais fácil e prazerosa do que a vida dos justos. Completamente frustrado, exclamou: Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração e lavado as minhas mãos na inocência (73.13).
Certamente em algum momento, temos lutado com iguais sentimentos. Muitas vezes parece que não estamos chegando a lugar algum com a nossa devoção. Passamos pelas mesmas dores do salmista e, como ele, quanto mais investigamos, mais injusta pode parecer a vida que enfrentamos. Asafe, todavia, nos mostra um caminho a seguir: entrou no santuário de Deus. Ali, na presença do Senhor, entendeu que a sua perspectiva estava seriamente limitada pela condição humana, pois o Senhor o levou a outra dimensão: a das coisas invisíveis e eternas.
Entendeu que a sua vida não estava confinada à rápida passagem por esta terra. Foi neste momento que ele pôde “entender o fim deles” e, por pouco, quase desistiu. Com Asafe aprendemos que os dilemas e as angústias desta vida se resolvem na presença do Altíssimo. Devemos buscar, como primeira opção, a sua face!
Referência para leitura: Salmo 73.1-28
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!