" SÓ SE ESTIVERMOS CONVICTOS DE NOSSA SALVAÇÃO PODEREMOS VIR A SER UM INSTRUMENTO ÚTIL E EFICÁZ NAS MÃOS DO SENHOR PARA PROPAGAR ESTA BOA NOVA PARA A HUMANIDADE. " - Sexta Feira

15/08/2014 12:01

O MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO

“Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação”
2Co 5.18

A reconciliação do homem com Deus é iniciativa divina e não humana. O ofendido, e não o ofensor, deu o passo decisivo para a reconciliação. Deus nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e não à parte dele. Deus não lançou sobre nós nossas transgressões, mas as lançou sobre seu unigênito Filho. O Filho de Deus pagou a nossa dívida, e então, Deus colocou em nossa conta sua infinita justiça.

Depois de nos reconciliar consigo mesmo, Deus agora nos confia o ministério da reconciliação. Reconciliados com Deus, fomos feitos ministros da reconciliação. Somos embaixadores em nome de Cristo rogando aos homens para se reconciliarem com Deus. Todo aquele que foi chamado é agora enviado. Todo aquele que foi reconciliado é agora um ministro da reconciliação. Todo aquele que foi alcançado pelo evangelho é agora enviado a proclamar o evangelho. Missões é a missão da igreja.

Outrora éramos um campo missionário; agora somos um corpo missionário. Outrora fomos evangelizados; agora somos os evangelizadores. Outrora vivíamos nas trevas; agora proclamamos a luz. Outrora estávamos longe de Deus e sem esperança no mundo; agora fomos reconciliados com Deus e temos uma viva esperança. Deixamos de ser filhos da ira para sermos filhos amados, herdeiros de Deus e coerdeiros com Cristo.

ORE

Senhor que nada nos aparte de Ti, onde temos a segurança de vivermos uma vida eterna ao seu lado e por consequência a liberdade e motivação para propagar este fato.

Em Nome de Jesus,

Amém.

Referência para leitura: 2 Coríntios 5.1-21