" NÓS CRISTÃOS PARA VIVERMOS REALMENTE PARA CRISTO E SEU EVANGELHO, PRECISAMOS VERDADEIRAMENTE MORRER PARA NÓS, PARA OS OUTROS E PARA O MUNDO " - Sexta Feira

06/09/2013 10:51

JÁ NÃO SOU EU QUEM VIVE

“Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. 
A vida que agora vivo...vivo-a pela fé no filho de Deus... ” 
 Gl 2. 20

Nosso desafio de vida não é compreender a Cristo, mas viver em Cristo. Para vivermos para Deus é preciso morrer para nós mesmos. Se o motivo maior da nossa existência é glorificar a Deus, nossa carne é uma das maiores barreiras na caminhada. Por estímulo da carne, diversos crentes fazem a coisa certa com a motivação errada.

A tentação que enfrentamos é nos tornarmos pessoas envolvidas com Deus e a sua obra, ativas na igreja e na missão, solícitas para cooperar com o próximo e todo aquele que nos cruza o caminho, porém fazer tudo apenas para a própria exaltação e glória. A primeira missão da igreja não é ajudar o necessitado nem pregar o Evangelho, mas morrer.

George Muller, tornou-se um grande plantador de igrejas e fundador de muitos orfanatos que abençoaram milhares de crianças na Europa. Tornou-se um respeitado pregador da Palavra. Ao ser perguntado sobre seu segredo para desenvolver tão preciosos projetos, respondeu que “o segredo de George Muller é que George Muller já morreu há muito tempo atrás. Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”.

ORE

Senhor, ensina-me e ajuda-me a morrer para os fúteis desejos e aspirações da carne e, assim, viver apenas para ti. Que Cristo viva em mim.

Em nome de Jesus,

Amém.