" COM O SACRIFÍCIO DE CRISTO POR NÓS, O JUGO E O FARDO PESADO QUE NÃO PODERIAMOS CARREGAR, FOI SUBSTITUÍDO PELO DELE QUE É LEVE E SUAVE, E COM SUA GRAÇA PODEMOS SEMPRE SUPORTAR " - Parte Final

15/07/2014 11:14

O Preço da Juventude Cristã – Parte Final

Eclesiastes 11.9-10

4- SATISFAÇÃO: v.9“satisfazem o teu coração”

Prazer e alegria não faltam no mundo, mas em sua maioria são coisas passageiras. As pessoas estão em busca de algo que traga satisfação e nunca param de buscar algo que lhes de um pouco de prazer.

Só Jesus nos satisfaz porque Ele é o nosso “pastor e nada nos faltará” (Salmos 23.1). Você já via alguém satisfeito no mundo? Creio que não, porque para estar satisfeito no mundo, tem que estar constantemente em busca de alegrias que são passageiras, uma festa, roupa, dinheiro, namoro, vícios e coisas que não satisfazem. O jovem cristão não depende de ter um show ou balada para estar satisfeito porque tem em si a satisfação eterna em Jesus.

A alegria do jovem cristão é diferente e melhor porque satisfaz. Jesus disse que é o “o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede” (João 6.35), porque Ele nos satisfaz plenamente com vida abundante (João 10.10).

Jovem: só Jesus te satisfaz plenamente!

5- VIGILÂNCIA: “e agradam aos teus olhos”

Somos atraídos pelo olhar. Adão e Eva caíram nessa quando viram que o fruto da árvore era “agradável aos olhos” (Gênesis 3.6) e perderam a vida eterna. O mundo tem investido muito em criar coisas que são agradáveis aos olhos para conquistar os jovens. O mais velho truque do diabo é se travestir tentando enganar as pessoas fazendo-se de “anjo de luz” (II Coríntios 11.14).

Coisas que agradam aos olhos não faltam para oferecer aos jovens de hoje, mas: “nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o ama” (I Coríntios 2.9). Então não podemos nos deixar ser enganados pelo olhar com a “concupiscência dos olhos” (I João 2.16), mas precisamos andar “por fé e não por vista” (I Coríntios 5.17), sempre vigiando e orando para não cair em tentação (Marcos 14.38). Para isso podemos usar o “capacete da salvação” (Efésios 6.17) que protege nossa cabeça, mente, ouvidos, lábios e olhos para ver com discernimento espiritual.

Jovem: seja vigilante para não ser enganado!

6- COMPROMISSO: v.9c “sabe, porém que de todas estas coisas, Deus te pedirá conta”

Muitos jovens evitam pensar que tem que prestar contas, afinal tem muito tempo pela frente. Pelo contrário, são aqueles que menos têm tempo que mais têm o que acertar. Este acerto de contas não é só para aqueles que têm a dever, mas também para aqueles que têm a receber.

De acordo com nossas escolhas será a nossa recompensa (Deuteronômio 28.2). As decisões da juventude determinarão todo o futuro de uma vida, então “escolhe, pois, a vida, para que vivas” (Deuteronômio 30.19).

Às vezes somos tentados a olhar para os lados e ver como os jovens do mundo se alegram tanto, mas devemos olhar só pra Jesus e ver que teremos uma grande recompensa. Um jovem cristão é comprometido e responsável em tudo o que faz.

Jovem: tenha compromisso com Deus!

7- LIVRAMENTO: v.10ª “aparta, pois do teu coração o desgosto e remove da tua carne a dor”

O que Deus quer para nós é o melhor, o que é eterno e que afastemos de nós o desgosto e toda tristeza. Deus sempre nos dá livramento de tantas coisas ruins que há neste mundo. Por isso Jesus nos ensinou a orar para que nos “livra do mal” (Mateus 6.13), seja o mal que há no mundo ou até mesmo os males que nós mesmos sentimos, pensamos ou fazemos.

Quando Jesus entra na vida de um jovem, tira tudo que é ruim de sua vida e lhe dá um novo coração (Ezequiel 11.9 e 36.26) mudando seus desejos e vontades para aprender a buscar a “boa, agradável e perfeita a vontade de Deus” (Romanos 12.2). A única forma de um jovem estar protegido dos perigos deste mundo é vivendo na presença de Deus.

Jovem: Deus te livra de todo mal!

Dedique sua juventude a Deus!

CONCLUSÃO: v.10b “porque a juventude e a primavera da vida são vaidade”

Temos que pensar que da mesma forma que um dia não existimos, um dia deixaremos de existir, neste mundo, da mesma forma que um dia fomos crianças, um dia seremos adultos e velhos, ou seja, tudo é passageiro.

Deus quer uma juventude alegre animada, devemos nos alegrar, recrear, mas estar sempre no temor do Senhor pensando que de tudo prestaremos conta. Não é só no mundo que existe prazer, na presença de Deus também há e há um prazer melhor e mais duradouro, eterno e firme.

Jovem: vale a pena servir a Deus!