" O CASAMENTO É O COMPLEMENTO DE UM SER PARA COM O OUTRO - QUANDO ESTA INSTITUIÇÃO É DIRIGIDA TOTALMENTE POR DEUS - O SEU CRIADOR " Parte 10

23/02/2012 10:01

 

O Padrão Divino Para O Lar - PARTE 10
 
 
O LAR E SUA IMPORTÂNCIA PARA A NAÇÃO.
 
Lares bons formam o alicerce para uma nação forte e de princípios sadios, de cidadãos responsáveis, de políticos honestos e governos equilibra­dos.
 
Antes de surgirem as escolas, as igrejas, as tribos, aldeias, cidades e nações, surgiu o lar de toda a sociedade humana. 0 princípio de governo nasceu no lar. 
 
Grandes governantes que o mundo já conheceu, tive­ram suas vidas pautadas por princípios nobres adquiridos no lar. 
 
Na Bíblia conhecemos o grande líder Moises, criado por sua mãe Joquebed e seupai Anrão
que lhe forjaram um caráter e personalidades indômitos ( invencíveis ) que jamais cedeu em suas convicções diante das vantagens que o reino do Egito lhe oferecia. ( Ex. 6.20; At -7: 17 a 22; Hb.11: 24 a 27 ).
 
0 grande lider e libertador de um Israel foi produto de um lar temente a Deus. informa- nos a história que mesmo vivendo no palácio, até os doze anos de idade, Moisés recebia constantes visitas daquela que fora sua ama-de-leite. sua mãe. 
 
Daqueles constantes con­tactos com sua família, Moisés tomou conhecimento de suas origens e da situa­ção de seu povo escravizado. 
 
Não foi difícil decidir-se pelo Deus de Israel, rejeitando a idolatria egípcia.
 
Antes dele, temos a história de José, que escravo de Potifar, preferiu não pecar com a mulher de seu senhor, indo para o calabouço de onde saiu para ser o Grão-Vizir do Egito, exaltado por Deus e aplaudido pelo mundo de então. ( Gn. 39: 1; 7 , 12, 20, 23; 41.38-44). 
 
De onde saíra tão grande personalidade, de moral tão incorrupta?
Sem dúvida de um lar de profundas raízes es­pirituais, o lar de Jacó e Raquel. 
Naquele lar José aprendera a amar a Deus e observar seus mandamentos. 0 amor que lhe era devotado por seu pai, acar­retou-lhe a inveja e o ódio de seus irmãos que o levaram ao desterro. 
 
Mas quando investido de autoridade para mandar prendê-los e vingar-se do mal que lhe fizeram, fez questão de não chorar diante deles, por causa do amor que lhes devotava (Gn 42.14-24).
 
Tal procedimento só podia vir de um homem que tivera um lar onde aprendeu a amar e perdoar. 0 Egito viveu a benesse da fartura, numa época de miséria, porque a frente do governo estava um homem de Deus, nascido num lar temente a Jeová. 
 
Poderíamos falar de Abraão Lincoln, filho de lenha­dor, criado num lar piedoso, numa fazenda do Kentucki. Sua trajetoria polí­tica que o tornou o décimo-sexto presidente dos Estados Unidos, que teve seus dias atribulados pela guerra civil americana, todavia; homem de oração, leitor assíduo da Palavra de Deus entrou para a história como um dos maiores es­tadistas do mundo.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!