" SENDO FLECHAS QUE ACERTA O ALVO" - Quarta-feira

23/08/2011 07:56

Flecha da vitória 

2 REIS 13.14-25

E disse: Abre a janela para o oriente; ele a abriu. Disse mais Eliseu: Atira;
e ele atirou. Prosseguiu: Flecha da vitória do Senhor! (2Rs 13.17.)

O profeta Eliseu se encontrava perto de partir e estar com o Senhor. Já
bem velhinho, recebeu a visita do rei de Israel, Jeoás. Ao contemplar o homem
de Deus, Jeoás usou as palavras do próprio Eliseu quando seu mentor,
o profeta Elias foi trasladado para o céu, sem passar pela morte: Meu pai,
meu pai! Carros de Israel e seus cavaleiros! (v. 14.) E chorou sobre ele.


Mas o profeta ainda não havia terminado a sua tarefa. E Eliseu mandou o rei
abrir a janela para o lado do oriente, onde estava a Síria, e atirar uma flecha. Ele
a chamou de fl echa da vitória do Senhor! Deus já havia ordenado a vitória para
Jeoás. Agora, então, Eliseu coloca suas mãos sobre as mãos do rei, num gesto
de bênção, e lhe ordena que atire fl echas ao chão. Eram as fl echas da vitória do
Senhor, como o rei Jeoás já escutara o profeta falar. Mas Jeoás atira apenas três
fl echas, ferindo o solo. Eliseu fica indignado com o rei, pois ele deveria esvaziar
sua aljava, atirando cinco ou seis vezes ao solo; então a vitória seria total. Mas
como foram apenas três vezes, os inimigos não seriam de todo destruídos.


A vitória do Senhor já está ordenada em nossa vida. Precisamos apenas de
coragem para “esvaziar a aljava”, isto é, consumar tudo o que Deus quer que
façamos: em oração, em pregação, em jejuns, em boas obras e em obediência.
Você já esvaziou a sua aljava, na luta contra o inimigo?


Na luta contra o mal
Eu tenho um general
Que me ensina a guerrear.
A vitória já me deu
Pois seu Filho já venceu
O pecado, a tentação, o medo, a condenação.
Agora vou marchar
Até a vida terminar, com coragem, destemor,
Pois no Senhor sou vencedor!

Pai, como é maravilhoso saber que, na nossa luta contra o
mal, já temos a vitória garantida em Cristo! A nossa alma
pode descansar em meio às rajadas do inimigo, pois o teu escudo
nos protege: o escudo da fé em tuas promessas. Amém.