" OS QUE CONFIAM NO SENHOR ENTREGAM SEUS CAMINHOS A ELE E SE ENTREGAM TOTALMENTE PARA ELE E AI, SE DELEITAM COMPLETAMENTE NA FIDELIDADE QUE É INERENTE A ELE " - Quinta-feira

09/11/2011 08:27

 

CONFIAR E OBEDECER


Deuteronômio 9:23-24 

Seria a confiança um dom e a obediência uma realização pessoal? 

Podemos pensar, como fez o povo de Deus no passado, que a obediência torna a confiança desnecessária. Se obedecemos as leis, e nesse processo demonstramos nosso valor, não temos que confiar. É o que parece. 

O apóstolo Paulo diz que se alguém pudesse se orgulhar pelo fato de guardar os mandamentos, ele seria o primeiro de todos a ter motivo de orgulho. Mas Paulo observa que confiar em Jesus é mais valioso do que toda a capacidade de ser obediente da qual ele, Paulo, poderia se gabar!

Observemos o povo de Israel na entrada da Terra Prometida. Moisés explica, com ilustrações da sua própria vida, a razão pela qual Deus não permitiu que seus pais e avós entrassem naquela terra. E a razão é que eles não tinham nem confiado no Senhor, nem obedecido às palavras do Senhor. A falta de confiança impediu-lhes de obedecer os mandamentos e de se apossarem da Terra como dom de Deus.

Obediência flui da confiança e confiança revela-se pela obediência. Onde uma existe, a outra cresce. Duas ações, uma interna e outra externa, ligadas por um relacionamento de amor que nos abençoa e glorifica a Deus.


 

ORE


Senhor do nosso livramento, cria em nós confiança que produza frutos de obediência; permite que nossa obediência demonstre que nossa confiança é verdadeira. Oramos em nome de 
Jesus. 
Amém. 

 

PENSE


A obediência flui da confiança e a confiança revela-se por meio da obediência.