"ORQUESTRA" - Sexta-feira

23/06/2011 13:45

 

A orquestra

 A orquestra

SALMO 133.1-3

Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! (Sl 133.1.)

Faço parte de uma orquestra cujo maestro é Jesus,
Devo tocar afinado, pelo diapasão da cruz.
Uma grande orquestra da Igreja da Assembléia de Deus de São Paulo esteve,
juntamente com o seu coral, visitando-nos em Belo Horizonte. Foi uma
festa inesquecível. Eram dezenas de instrumentos musicais: violinos, rabecas,
contrabaixos, harpa, címbalos, pratos e vários instrumentos de sopro.
Os músicos e cantores se postaram em seus lugares antecipadamente
reservados e então o maestro disse à igreja:

“Agora, faremos algo que é de suma importância antes de qualquer apresentação.
Estaremos afinando os instrumentos e as vozes do coral para que
haja harmonia perfeita.”
E assim, com o seu diapasão, o maestro foi passando, um a um, os grupos de instrumentos
dentro da mesma afinação. E, finalmente, fez o mesmo com o coral.
Foi uma apresentação lindíssima. E eu fiquei pensando como é tão importante
estarmos afinados uns com os outros, dentro da altura e da sonoridade
da nota do diapasão: a nota “lá”.

Aqui temos as nossas diferenças culturais, de padrão social, de intelectualidade,
de gostos e divergências, até mesmo teológicas, no que tange a
detalhes não-estruturais da fé cristã. Mas “lá” tudo estará na mais perfeita
ordem. “Lá” veremos o nosso redentor amado. “Lá” estaremos aperfeiçoados,
e a paz e o amor de Deus estarão inundando os nossos corações. E estes
estarão ligados sem barreiras a um só Salvador.

Aqui, precisamos viver afinados sempre com o “lá” da glória celestial. Temos
de reconhecer que não existe orquestra com apenas um instrumento;
somos vários, com sons diferentes e próprios. A beleza de nossa música está em
olhar a partitura (a Palavra) e acompanhar a batuta (o Espírito) do maestro.
Ao Maestro divino a glória para sempre.

Pai, ensina-me a amar o meu irmão que é tão diferente, mas que
tem no coração o mesmo Espírito Santo que habita em mim.
Ajuda-me a estar afinado com o “lá” celestial, tocando a mesma
música que meus irmãos, como uma só orquestra, entoando
louvores ao Senhor. Amém.

Retirado do site:
Lagoinha.com