" O SOCORRO DE DEUS BEM PRESENTE NA ANGÚSTIA " - Quinta - feira

07/09/2011 13:37

 Autoridade
Leia: 1 Reis 1.1-31 

É possível prevenir-nos de muitos conflitos que nos afligem. Após o adultério de Davi com Bate-Seba, Natã previu uma turbulência familiar muito séria, que iria persegui-lo e atormentá-lo. Davi é agora um homem velho e fraco, e está próximo da morte; mas o problema persiste. Abisague, uma jovem bela e virgem, pode manter o corpo de Davi aquecido, mas não pode resolver questões entre pai e filho. 

O conflito familiar é uma conseqüência natural do pecado de Davi. Como pai, ele perdeu a autoridade moral com seus filhos, pois não lhes corrigia quando seus filhos não agiam corretamente. Agora, ele colhe o fruto de sua omissão e passividade: Adonias, mimado e ambicioso, tenta tomar o seu trono, assim como já havia tentado seu irmão mais velho, Absalão. A ambição de Adonias havia passado despercebida e Davi não fazia a menor idéia das suas intenções. Que situação triste. 

Mas Deus, fiel em suas promessas, novamente derrama suas bênçãos sobre o rei Davi. Natã alerta Bate-Seba e a aconselha. E ambos avisam Davi da conspiração que está para acontecer. Finalmente, a situação se volta contra Adonias, que clama por misericórdia. Salomão é declarado rei e sua coroação é pública. Assim, mais uma vez, apesar dos pecados de Davi, um desastre é evitado pela intervenção misericordiosa de Deus. 

Pense: Ninguém perde sua autoridade por causa de suas falhas, mas pela incoerência de não admitir que falhou. 

Ore: Senhor Deus, somos-te gratos por tua grande misericórdia. Com freqüência, apesar dos problemas que causamos a nós mesmos, Tu nos socorres. Em Jesus Cristo, amém.