" O QUE DIZ A BÍBLIA SOBRE:

29/07/2011 10:52

 A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR II

A. A Bíblia é Pura e Inteira - Hebreus 4:12

A Bíblia é de Deus. Sendo de Deus ela é o único livro não adaptado aos opiniões, pensamentos ou filosofias do homem. A Bíblia mantém-se estável em todas as épocas. Ela é sempre atual e por isso não é carente em nenhum ponto qualquer para ser aplicada em qualquer situação e especialmente nos desafios na educação de filhos.

B. A Bíblia é Necessária - Mateus 4:4

Como pão é necessário para o corpo física, a Palavra de Deus é necessária para a alma ou espírito do homem. Para as almas dos filhos serem educadas é necessário alimentação espiritual. As Escrituras Sagradas são esta alimentação espiritual (João 6:63; Hebreus 4:12, ! e penetra até à divisão da alma e do espírito ... e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração?).

Na educação dos filhos é uma pratica boa para os pais levarem os filhos ao conhecimento do fato que são principias Bíblicos que eles estão baseando as suas ações para com os filhos. Se os pais, na educação dos filhos, só colocam a sua própria palavra como a autoridade final de tudo, um dia mais cedo ou mais tarde, os filhos podem rebelar contra o raciocínio dos pais. Mas se os pais estão treinando os filhos segundo aos princípios Bíblicos e informando aos filhos que os principias que os pais estão ensinando são realmente princípios de Deus, a autoridade já é diferente. Se o filho rebelar contra os princípios Bíblicos ele torna de ser contra Deus. Então é sábio para os pais serem conhecedores dos ensinamentos da Bíblia, tê-los em pratica na suas próprias vidas e deixar os filhos saberem que o que eles, como pais, estão exigindo, Deus está exigindo em primeiro lugar.

Para a alma do filho ser treinada, ela necessita instrução espiritual

C. A Bíblia é Superior - Isaías 55:8,9

Qualquer sistema de pensamento que não baseia-se na Palavra de Deus é falho (Prov. 28:26). A filosofia do homem eventualmente levará à deificação do homem. Se não é de Deus não levará a Deus. Lembramos como é o coração do homem (Jer 17:9).

Se a filosofia usada na educação dos filhos não for divina, o filho não terá orientação adequada para todos as áreas da sua vida. Só quando a criança sabe de onde veio, para qual razão veio e para onde vai pode realmente ser bem equilibrada. Só a Bíblia pode dar as respostas competentes para estas perguntas essenciais. A Bíblia é a revelação adequada de toda a verdade necessária sobre o homem e sobre Deus. A sabedoria do homem nunca pode levar o homem a Deus nem às verdades espirituais (I Cor 1:21; 2:14). Qualquer pessoa só pode se conhecer e saber a verdade de Deus através da revelação que Deus deu do homem e de Si mesmo - a Bíblia.

Naturalmente cada homem tem opiniões baseados nos seus próprios conhecimentos adquiridos pelo ensino tanto pelo sistema humana quanto pelas suas próprias experiências. Quando se aprenda o que diz Deus de qualquer assunto, a ação apropriada será de avaliar as opiniões pessoais com o ensinamento da Palavra de Deus. Nunca devemos julgar a Palavra de Deus pelos nossos pensamentos, mas o vice-versa é necessário .

D. A Bíblia é Divina - II Tim 3:16; II Ped 1:20,21

A Palavra de Deus é de Deus e é para o benefício do homem. Sendo divina, ela tem o que o homem necessita para orientar em assuntos tanto à vida terrestre quanto à vida celeste. O que é certo e errado são absolutos. Só Deus pode comunicar com autoridade nestes assuntos. A Bíblia pode ser consultada nos assuntos morais.

O que é necessário para o homem é aqui na Bíblia (Deut 29:29). A Bíblia não ensina tudo o que é possível saber mas tudo o que é necessário é abordado. Ela foi escrita e assim pode ser estudada. Os princípios dela quando são aplicados em pratica com regularidade e exigência só apontam para sucessos. Sendo divina, a Bíblia é confiável.

E. A Bíblia é Verdade - João 17:17; Josué 1:8

Deus não pode mentir (Heb 6:18). Quando os princípios da Bíblia são aplicados numa maneira certa eles produzem resultados previstos. Ela é fonte de verdades absolutos. Há conseqüências fixas tanto na observação quanto na negação dos princípios dela. Se observe os, terão bênçãos (Deut 28:1,2; Jer 15:16). Se não observe os, não terão bênçãos (Deut 28:15; Josué 1:8). Não precisa meio-termo quando se fala do que ensina a Bíblia.