" O AMOR PERFEITO DE DEUS "

27/08/2011 11:13

 Depois de vários "setes"


Leia: Daniel 9.20-27 

Daniel orou para que Deus tirasse os judeus do exílio e restaurasse Jerusalém. Deus respondeu sua oração enviando o anjo Gabriel para explicar que Ele reconstruiria, sim, a sua cidade — e faria outras coisas, como "dar fim ao pecado, expiar as culpas, trazer justiça eterna".
 

O Ungido (Messias em hebraico; Cristo em grego) apareceria 483 anos após a restauração de Jerusalém (sete "setes" mais sessenta e dois "setes" é 483). O Ungido seria banido, mas a sua morte seria a resposta final da oração de Daniel pela graça de Deus. O mesmo Gabriel que apareceu a Daniel, e o chamou de "muito amado", apareceu também a Maria, e a chamou de "agraciada". Ele disse à jovem virgem que ela teria um bebê, fruto de um milagre, chamado Jesus, que significa "Salvador" — " Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo" disse Gabriel, "Seu Reino jamais terá fim" (Lucas 1.32-33).
 

A boa nova de Gabriel tornou-se verdade, é claro, depois que o Ungido de Deus se tornou adulto. Ele foi crucificado e banido da vida para salvar os pecadores. Cristo Jesus "apareceu uma vez por todas no fim dos tempos, para aniquilar o pecado, mediante o sacrifício de si mesmo... e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam." (Hebreus 9.26-28)
 

Pense:
Sete "setes" mais sessenta e dois "setes". Os números de Deus são curiosos,, porém, precisos.