Uma menina de dez anos das Filipinas foi enterrada viva após ser atacada pelo seu primo, que a estuprou e a agrediu, neste último domingo.

Segundo relatos da vítima, o seu primo de 21 anos, Dennis Quilatonde, a atingiu com um objeto na cabeça depois de tê-la violentado e a enterrou na cidade localizada ao sul do país. Foi o que disse o inspetor Roberto Ocumen, chefe da polícia de Magpet, à imprensa local.

A menina só recuperou os sentidos depois de ter sido enterrada, mas conseguiu voltar a superfície e com a ajuda de vizinhos, voltou para a casa antes de denunciar seu primo que foi detido nesta última segunda-feira, e está sob custódia da polícia.