A muçulmana Ahlam Saifi disse ter sido impedida de concluir uma prova de renovação da carteira de motorista neste sábado após se recusar a tirar o véu. “Falaram que nenhum aluno pode entrar de boné, de gorro, com alguma coisa que não tenha como identificar”, disse a muçulmana.

Nesta segunda-feira ela conseguiu concluir o teste em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O Detran informou que a dona de casa foi aprovada.

A muçulmana afirma que foi impedida de concluir a prova no sábado por não aceitar tirar o véu que usava por motivos religiosos. O caso foi parar na polícia. Foi aberta uma investigação no 1º DP de São Bernardo do Campo para apurar o caso.

O Detran informou que vai abrir um processo para apurar os fatos, entender o que houve e que pode tomar as medidas cabíveis, podendo até descredenciar a autoescola.

Fonte: G1