As autoridade iranianas estão tentando convencer o pastor Yousef Nadarkhani que está preso, a se converter novamente ao islamismo, enquanto ele aguarda a decisão final do supremo líder Ali Khamenei se ele vai ser executado ou não por ter ser tornado cristão.

Funcionários do atual governo do Irã ofereceram um livro ao pastor Nadarkhani que relata a cultura islâmica e o desperta para que ele possa repensar sua decisão de ser um cristão. O livro chamado ” A mensagem das Duas Eras”, conta que tanto o Novo Testamento quanto o Antigo, relatados na Bíblia cristã faz parte de um cristianismo inventado e que o Islã é superior a isso.

Os advogados e especialistas ainda não sabem se a intenção do islã é fazer com que o pastor tenha uma nova chance de se retratar ou para que confirme ainda mais sua sentença de morte, que por hora foi adiada. Embora o tribunal tenha dito que Nadarkhani não cometeu nehuma apostasia, ele (o governo iraniano)deu a oportunidade para que o pastor voltasse ao islamismo, mas ele já negou essa possibilidade inúmeras vezes.

Nesse atual governo, minorias religiosas têm enfrentado grande dificuldades políticas, pois o Irã sempre castiga severamente aqueles que se afastam do islã para seguir outras religiões.

O importante é que todas as pessoas continuem orando em favor do pastor e de todos os cristãos perseguidos no país por amor de Cristo.