Um trabalho desafiador e escancaradamente difícil está mudando o cenário na Cracolândia, em plena cidade de São Paulo. Desde o dia 27 de março de 2010, a Missão Batista Cristolândia foi implementada na região a fim de realizar ações que façam valer o Evangelho Integral, ou seja, influenciar o homem com o amor de Cristo, afetando corpo, mente e espírito.

A Cristolândia, conhecida também com QG dos Radicais, funciona 24h por dia e é coordenada pelos missionários Humberto e Soraya Machado. Ainda conta com o apoio de voluntários do Projeto Radical Brasil Cracolândia, que a cada ano se renova pelo interesse de jovens nesse tipo de trabalho.

A missão foi idealizada pela Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira e é sustentado pelas ofertas de igrejas, associações e parceiros. Na Cracolândia, crianças e adultos recebem três refeições diariamente, possuem espaço para banho, lavanderia e ainda contam com doações de roupas e calçados. Os cultos da Cristolândia são realizados pela manhã, tarde, noite e madrugada e têm transformado vidas que passam a testemunhar sobre o que viveram e como foram recuperados.

O cenário da Cracolância

Cracolândia (nome derivado do crack) é uma comunidade localizada em uma região no centro da cidade de São Paulo, onde tem se desenvolvido intenso tráfico de drogas, prostituição e degradação humana.

Todos os dias, uma legião de viciados em crack se encontra nas redondezas do bairro da Luz. Calcula-se que mais de 2 mil pessoas vagam por ali em busca de droga, revelando um cenário trágico e desafiador para os paulistanos, que ficam indignados com a inércia do poder público.

 

Fonte: JMN