O Pastor Michael Pearl e sua esposa, Debi, lançaram um polêmico livro chamado “Como educar o seu filho”, onde defendem a tese de que a Bíblia aconselha aos pais que castiguem seus filhos. “Os pais podem experimentar sentimentos que os impeçam de castigar os filhos, mas isso não é o amor de Deus, que criou as crianças e sabe o que é melhor para elas, ordenando aos pais que usem o chicote”, declarou o casal em seu livro.

O pastor revela ainda que puxando o cabelo do bebê, descobriu uma forma de educa-lo. “A minha esposa encontrou uma rápida solução. Quando o bebê a mordeu, ela puxou-lhe o cabelo”. Pear recomenda que crianças maiores devem ser corrigidos com vara. “Para crianças com menos de um ano, os pais devem usar apenas uma vara de salgueiro, entre 25 a 30 centímetros de comprimento e uma polegada de diâmetro, isenta de nós, pois estes podem cortar a pele”.

Apesar do pastor alegar que seus ensinamentos estão embasados na Bíblia, as teorias ganharam maior repercussão quando foram registrados casos de crianças que morreram por castigos aplicados pelos pais, que afirmaram seguir apenas os conselhos do livro do casal.

Fonte: Gospel +