O grande mercado musical evangélico está levantando projetos na Globo para lançar programa gospel a partir do ano que vem. A atração seria voltada para as canções evangélicas e a Globo já está sondando possíveis cantoras do meio gospel para dirigirem a programação.

A “Santa Missa” é o único programa religioso exibido atualmente pela emissora, no entanto, a criação de uma atração evangélica seria um marco inédito na história da Rede Globo.

Uma outra atração gospel, o “Festival Troféu Promessas”, já está confirmada pela Globo que será exibida como especial de fim de ano. O evento acontecerá no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, e exibido no dia 18 de dezembro das 13h às 14h10.

As atrações que vão se apresentar no evento são: o Ministério de Louvor Diante do Trono, Ludmila Ferber, Fernandinho, Fernanda Brum, Régis Danese, Pregador Luo, Eyshila, Davi Sacer e Damares.

O Festival também vai premiar os melhores grupos e cantores evangélicos disputados entre 9 categorias. A escolha será feita através de votação de internautas no site do evento.

O diretor de núcleo da Rede Globo, Luis Gleiser, comentou sobre a importância da música gospel no cenário musical brasileiro. “Não podemos de maneira nenhuma ignorar as expressões da cultura do nosso povo. E a música evangélica é um fenômeno dessa imensa força que se expande sem cessar. Da mesma maneira abrimos para música sertaneja há 20 anos, e para a o rock brasileiro há 30, vamos fazer agora com a música gospel”.

Ana Paula Valadão é uma das possíveis cantoras sondadas pela direção da Globo para comandar o programa do ano que vem. Hoje, o Ministério Diante do Trono faz parte da Som Livre e a participação de Ana Paula no fim do ano passado no “Domingão do Faustão” chamou a atenção da emissora pela sua desenvoltura e carisma com o público.

Mas quem não parece nada satisfeito com essa investida da Globo é o Bispo Edir Macedo da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record, que há algum tempo fez várias críticas aos cantores do meio evangélico. Em seu programa de rádio, em meados de Setembro, Macedo falou que praticamente 99% dos cantores evangélicos são perturbados e “endemoniados”.

Fonte: Na telinha // Creio