A ex-senadora Marina Silva e ex-candidata à presidência do Brasil pelo PV (Partido Verde) terá sua vida mostrada em filme, produzido pela diretora Sandra Werneck. O longa vai revelar uma fase da vida daquela que também foi ministra do Meio Ambiente.

A proposta só foi aceita por Marina porque o filme pretende registrar apenas um período de sua trajetória que aborda temas e causas pelos quais ela sempre lutou e não para enfocar sua vida como política.

Marina nasceu no Acre, na cidade de Breu Velho, e aprendeu a ler e escrever ainda adolescente. Tinha a saúde frágil e aos 16 anos deixou o seringal Bagaço, onde trabalhava com seu pai na extração da borracha. Formou-se em História e iniciou um processo de luta pelo que acreditava, tornando-se vereadora de Rio Branco (AC), deputada estadual, senadora por dois mandatos pelo Acre e ministra. Concorreu à Presidência da República em 2010 pelo Partido Verde e obteve 19,6 milhões de votos no primeiro turno das eleições.

Segundo Sandra, Lucy Ramos fará o papel de Marina e Wagner Moura foi convidado para viver Chico Mendes, enquanto Thiago Fragoso deve interpretar Fábio Vaz de Lima, marido da ambientalista.

Marina é membro da Assembleia de Deus e, certamente, o que tem a revelar sobre seus valores e propostas vai enriquecer a produção cinematográfica.