Uma menina de 15 anos foi agredida dentro do banheiro na escola onde estuda em Curitiba. O motivo teria sido por ela ser negra.

A adolescente que sofria bulling há cerca de 5 meses, agora tem medo de voltar ao colégio. Ela conta que os colegas chamavam ela de ‘macaca’ e até nas redes sociais era agredida por palavras ofensivas.

- Deram soco, chute, eu caí no chão. Elas pularam em cima de mim. Saí com o nariz sangrando.

Na escola, ninguém quis gravar entrevista, mas a diretora auxiliar falou que chamou a mãe da menina agredida e a da que teria provocado.

A mãe da adolescente ficou revoltada por não ter tido apoio da escola. A estudante foi transferida para outra escola e um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia. “Eu quero mostrar para a minha filha que a raça dela não é feia. E que não há motivo para ela ser agredida”.