" ELE VEIO BUSCAR O QUE SE HAVIA PERDIDO"

10/08/2011 10:13

 

Alguém que se Achou …


 

“E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mateus 10:22).

Um jornal russo, editado pela Liga comunista Jovem, publicou uma carta de Nina K., uma menina de dezesseis anos de idade, que dizia: “eu sou membro da Liga comunista jovem. Eu sou uma menina normal, mas ao mesmo tempo eu sou incomum. Eu sou Batista! Francamente, eu não me sinto membro da Liga comunista Jovem. Eu vejo membros da Komsomol passarem por mim sem uma palavra sequer de saudação. Sinto que sou tratada com desprezo. Ao contrário disso, meus irmãos em Cristo me tratam muito bem. Eu acredito neles e acredito em Deus”. O jornal apresenta a carta de Nina com o título:”alguém que se perdeu”.

No momento em que Nina se perdia, como dito pelo jornal comunista, ela se achou, ou melhor, foi achada! Ela foi encontrada por Jesus em um momento em que se achava menosprezada, ignorada, solitária. Ela precisava de carinho, de atenção, de um encontro com o amor. E o amor a encontrou!
Deus é amor e este amor a alcançou. Ela não sabia se ainda era membro da LIga comunista ou não, mas sabia que havia encontrado o amor tão ardentemente buscado.

Talvez seja esse o nosso grande sonho. Não almejamos coisas grandiosas como apartamentos de luxo, carros importados ou grandes fortunas para fazer parte da alta sociedade.
Queremos simplesmente nos sentir bem, receber abraços afetuosos, tornar-nos úteis no ambiente em que vivemos, saber que existem pessoas que nos amam de verdade.

E se isso não está acontecendo, é hora de “nos perdermos” da velha e insípida vida. É hora de deixar que Deus nos ache, que nos abrace, que nos acaricie, que nos transforme, que nos embale enquanto canta: “Eu amo você. Não há nada mais importante para Mim do que fazer de sua vida um manancial de bênçãos. Eu guiarei você em paz e alegria e sua vida achará felicidade para sempre”.