" DEUS CONTINUA PROCURANDO SERVOS FIÉIS QUE O SIRVAM COM AMOR E LEALDADE ATÉ A MORTE " - Parte 1

05/10/2011 14:08

 

A busca de Deus por servos fiéis e retos

 

Ezequiel 22.30 - E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei.

 

Salmo 101.6 - Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.

 

Isaías 58.12 - E os que de ti procederem edificarão os lugares antigamente assolados; e levantarás os fundamentos de geração em geração, e chamar-te-ão reparador das roturas e restaurador de veredas para morar.

 

Ezequiel, cujo nome significa “Deus fortalece”, era de família sacerdotal (Ez.1.3) e passou os vinte e cinco primeiros anos da sua vida em Jerusalém. Estava se preparando para o trabalho sacerdotal do templo quando foi levado prisioneiro à Babilônia em 597.a.C. Uns cinco anos mais tarde, aos trinta anos (Ez. 1.2-3), Ezequiel recebeu sua chamada profética da parte de Deus, e a partir daí ministrou fielmente durante 22 anos, pelo menos (Ez.29.17). Ezequiel tinha uns dezessete anos quando Daniel foi deportado e, portanto, os dois eram praticamente da mesma idade. Ezequiel e Daniel foram contemporâneos de Jeremias, porém mais jovens que ele e, provavelmente, foram por ele influenciados, por ser profeta mais velho em Jerusalém (Dn.9.2).

Quando Ezequiel chegou à Babilônia, Daniel já era bem conhecido como homem de elevada sabedoria profética;

Ezequiel refere-se a ele três vezes no seu livro (Ez.14.14,20 - Ez.28.3)

Ao contrário de Daniel, Ezequiel era casado (Ez.24.15-18), e vivia como um cidadão comum entre os exilados judeus, junto ao rio Quebar (Ez.1.1; 3.15,23)

Seu ministério começou em julho de 593 a.C e continuou, pelo menos, até a última profecia registrada em abril de 571 a.C.

Comentário da Bíblia de Estudo  Pentecostal

 

A corrupção dos líderes (Ezequiel 22.25-28) era tão grande em Judá que Deus não encontrou uma só pessoa disposta a levar o povo de volta a Deus. É uma tragédia, quando certas igrejas estão tão dominadas pelo mundanismo que Deus não encontra ninguém na congregação disposto a interceder, isto é, a “tapar o muro” ou “ficar na brecha” da situação, espiritualmente crítica; ninguém para bradar contra a decadência espiritual e moral, ninguém para liderar a oração com humilhação, com verdadeiro arrependimento e com sincera busca da face de Deus, visando um avivamento espiritual (II Crônicas 7.14). Nestes casos, é comum certos crentes fiéis manterem silêncio. Por receio ou acomodação, quando deviam tornar-se fervorosos intercessores por um avivamento. Bíblia de Estudo Pentecostal

 

Jeremias 39.2 - No ano undécimo de Zedequias, no quarto mês, aos nove do mês, se fez a brecha na cidade.

 

Jeremias 39.11-12 - Nabucodonosor toma Jerusalém e livra Jeremias

Jeremias 39.1-9 e II Reis Cap. 25 - O exército caldeu prendeu Zedequias, arrancou os seus olhos, matou seus filhos, queimou a casa do rei e as casas de todo o povo e derribou os muros de Jerusalém.

 

Como fizeram essa brecha?

Os exércitos às vezes usavam aríetes (vigas largas e pesadas, com uma das pontas reforçadas por peça de ferro ou bronze, usada para destruir portões e muralhas), Em outras ocasiões, faziam túneis debaixo dos muros, usando vigas de madeira para evitar que os muros caíssem sobre eles. Depois incendiavam esses apoios para provocar a queda dos muros.

Às vezes, os invasores usavam escadas ou construíam enormes rampas de terra para alcançar o topo dos muros.

Bíblia de Estudos Vida

 

Jeremias 52.7 - Foi aberta uma brecha na cidade, e todos os homens de guerra fugiram, e saíram de noite, pelo caminho da porta, entre os dois muros que estavam junto ao jardim do rei (porque os caldeus estavam contra a cidade ao redor), e foram pelo caminho da campina.

 

Ezequiel 13.5 - Não subistes às brechas, nem reparastes a fenda da casa de Israel, para estardes na peleja no dia do SENHOR.

 

Ezequiel 26.10 - Pela multidão de seus cavalos te cobrirá de pó; os teus muros tremerão com o estrondo dos cavaleiros, e das rodas, e dos carros, quando ele entrar pelas tuas portas, como pelas entradas de uma cidade em que se fez brecha.

 

O contexto histórico do livro de Ezequiel é a Babilônia durante os primeiros anos do exílio babilônico (593-571 a.C)

Nabucodonosor levou cativos os judeus de Jerusalém para a Babilônia em três etapas:

1)Em 605 a.C, jovens judeus escolhidos foram deportados para Babilônia, entre ele Daniel e seus três amigos:

Hananias, Misael e Azarias (Daniel 2.17)

2) Em 597 a.C 10.000 cativos foram levados à Babilônia, (II Reis 24:14)  estando Ezequiel entre eles.

3) Em 586 a.C as forças de Nabucodonosor destruíram totalmente a cidade  e o templo , e a maioria dos sobreviventes foi transportada à Babilônia.

O ministério profético de Ezequiel ocorreu durante a hora mais tenebrosa da história do A.T; os sete anos que  precederam a destruição, em 586 a.C (593-586 a.C), e os quinze anos seguintes ( 586-571 a.C)

 

ATÉ A MORTE DO REI SALOMÃO SÓ EXISTIA UM REINO, O REINO UNIDO

 

COMO SE DEU A DIVISÃO DO REINO ATÉ ENTÂO DENOMINADO REINO UNIDO?

Roboão, filho do rei salomão foi o causador dA divisão do reino,

 

 

Após a morte do rei Salomão, Roboão seu filho o sucedeu no trono. Por não ouvir os conselhos dos anciãos, Roboão provocou a divisão do reino, formando-se assim o reino norte e o reino sul.

 

I Reis 11.43 - E adormeceu Salomão com seus pais e foi sepultado na Cidade de Davi, seu pai. E Roboão, seu filho, reinou em seu lugar.

 

I Reis 12.1-11 - E foi Roboão para Siquém, porque todo o Israel veio a Siquém, para o fazerem rei.

2  E sucedeu, pois, que, ouvindo-o Jeroboão, filho de Nebate, estando ainda no Egito (porque fugira de diante do rei Salomão e habitava Jeroboão no Egito),

3  enviaram e o mandaram chamar; e Jeroboão e toda a congregação de Israel vieram e falaram a Roboão, dizendo:

4  Teu pai agravou o nosso jugo; agora, pois, alivia tu a dura servidão de teu pai e o seu pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos.

5  E ele lhes disse: Ide-vos até ao terceiro dia e voltai a mim. E o povo se foi.

6  E teve o rei Roboão conselho com os anciãos que estavam na presença de Salomão, seu pai, quando este ainda vivia, dizendo: Como aconselhais vós que se responda a este povo?

7  E eles lhe falaram, dizendo: Se hoje fores servo deste povo, e o servires, e, respondendo-lhe, lhe falares boas palavras, todos os dias serão teus servos.

8  Porém ele deixou o conselho que os anciãos lhe tinham aconselhado e teve conselho com os jovens que haviam crescido com ele, que estavam diante dele.

9  E disse-lhes: Que aconselhais vós que respondamos a este povo, que me falou, dizendo: Alivia o jugo que teu pai nos impôs?

10 E os jovens que haviam crescido com ele lhe falaram, dizendo: Assim falarás a este povo que te falou, dizendo: Teu pai fez pesadíssimo o nosso jugo, mas tu o alivia de sobre nós; assim lhe falarás: Meu dedo mínimo é mais grosso do que os lombos de meu pai.

11 Assim que, se meu pai vos carregou de um jugo pesado, ainda eu aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões.

 

Israel - As dez tribos que formaram o reino norte, seguiram a Jeroboão

Ruben - Issacar - Aser - Efraim - Manasses - Zebulon - Naftali - Dã - Simeão - Gade

 

I Reis 12.16-25 - Vendo, pois, todo o Israel que o rei não lhe dava ouvidos, tornou-lhe o povo a responder, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Não há para nós herança no filho de Jessé. Às tuas tendas, ó Israel! Provê, agora, à tua casa, ó Davi. Então, Israel se foi às suas tendas.

17 No tocante, porém, aos filhos de Israel que habitavam nas cidades de Judá, sobre eles reinou Roboão.

18 Então, o rei Roboão enviou a Adorão, que estava sobre os tributos; e todo o Israel o apedrejou com pedras e morreu; mas o rei Roboão se animou a subir ao seu carro para fugir para Jerusalém.

19 Assim se desligaram os israelitas da casa de Davi até ao dia de hoje.

20 E sucedeu que, ouvindo todo o Israel que Jeroboão tinha voltado, enviaram, e o chamaram para a congregação, e o fizeram rei sobre todo o Israel; e ninguém seguiu a casa de Davi, senão a tribo de Judá.

21 Vindo, pois, Roboão a Jerusalém, ajuntou toda a casa de Judá e a tribo de Benjamim, cento e oitenta mil escolhidos, destros para a guerra, para pelejar contra a casa de Israel, para restituir o reino a Roboão, filho de Salomão.

22 Porém veio a palavra de Deus a Semaías, homem de Deus, dizendo:

23 Fala a Roboão, filho de Salomão, rei de Judá, e a toda a casa de Judá, e a Benjamim, e ao resto do povo, dizendo:

24 Assim diz o SENHOR: Não subireis, nem pelejareis contra vossos irmãos, os filhos de Israel; volte cada um para a sua casa, porque eu é que fiz esta obra. E ouviram a palavra do SENHOR e voltaram segundo a palavra do SENHOR.

25 E Jeroboão edificou a Siquém, no monte de Efraim, e habitou ali, e saiu dali, e edificou a Penuel.

 

A IDOLATRIA DE JEROBOÃO

JEROBOÃO mandou construir dois bezerros de ouro. um  colocou em Betel e outro em Dã, para QUE Israel NÃO FOSSE ADORAR A DEUS EM JERUSALÉM.

Reis 12.26-33 - E disse Jeroboão no seu coração: Agora, tornará o reino à casa de Davi.

27 Se este povo subir para fazer sacrifícios na Casa do SENHOR, em Jerusalém, o coração deste povo se tornará a seu senhor, a Roboão, rei de Judá, e me matarão e tornarão a Roboão, rei de Judá.

28 Pelo que o rei tomou conselho, e fez dois bezerros de ouro, e lhes disse: Muito trabalho vos será o subir a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito.

29 E pôs um em Betel e colocou o outro em Dã.

30 E este feito se tornou em pecado, pois que o povo ia até Dã, cada um a adorar.

31 Também fez casa dos altos e fez sacerdotes dos mais baixos do povo, que não eram dos filhos de Levi.

32 E fez Jeroboão uma festa no oitavo mês, no dia décimo quinto do mês, como a festa que se fazia em Judá, e sacrificou no altar; semelhantemente, fez em Betel, sacrificando aos bezerros que fizera; também em Betel estabeleceu sacerdotes dos altos que fizera.

33 E sacrificou no altar que fizera em Betel, no dia décimo quinto do oitavo mês, do mês que ele tinha imaginado no seu coração, assim fez a festa aos filhos de Israel e sacrificou no altar, queimando incenso.

 

QUARENTA REIS REINARAM EM ISRAEL E JUDÁ

OS 20 Reis QUE reinaram em Israel, O reino norte, fizeram o que era mal aos olhos do Senhor. foram idólatras, PERVERSOS E VIOLENTOS.

 

OS 20 REIS QUE REINARAM EM JUDÁ, O REINO SUL, 14 FORAM MAUS, NÃO OBEDECERAM A DEUS.

SEIS REIS combateram a idolatria.

1- Asa - 2 - Josafá - 3 - Uzias - 4 - Jotão -  5 - Ezequias - 6-  Josias

 

Dos 40 reis que reinaram, 34 foram maus e 6 (do reino sul) andaram nos caminhos do Senhor.

Portanto somente 15% agradaram a Deus

 

Na época do profeta Ezequiel, O Reino Norte já havia sido levado cativo para

Assíria pELO REI Salmaneser em 722 a.C

II Reis 17.1-23 - No ano duodécimo de Acaz, rei de Judá, começou a reinar Oséias, filho de Elá, e reinou sobre Israel, em Samaria, nove anos.

2  E fez o que era mal aos olhos do SENHOR; contudo, não como os reis de Israel que foram antes dele.

3  Contra ele subiu Salmaneser, rei da Assíria; e Oséias ficou sendo servo dele e dava-lhe presentes.

4  Porém o rei da Assíria achou em Oséias conspiração, porque enviara mensageiros a Sô, rei do Egito, e não pagava presentes ao rei da Assíria cada ano, como dantes; então, o rei da Assíria o encerrou e aprisionou na casa do cárcere.

5 - Porque o rei da Assíria subiu por toda a terra, e veio até Samaria, e a cercou três anos.

   6  - No ano nono de Oséias, o rei da Assíria tomou a Samaria, e transportou a Israel para a Assíria, e fê-los habitar em Hala e em Habor, junto ao rio Gozã, e nas cidades dos medos.

7 E sucedeu assim por os filhos de Israel pecarem contra o SENHOR, seu Deus, que os fizera subir da terra do Egito, de debaixo da mão de Faraó, rei do Egito; e temeram a outros deuses.

8  E andaram nos estatutos das nações que o SENHOR lançara fora de diante dos filhos de Israel e nos costumes dos reis de Israel.

9  E os filhos de Israel fizeram secretamente coisas que não eram retas, contra o SENHOR, seu Deus; e edificaram altos em todas as suas cidades, desde a torre dos atalaias até à cidade forte.

10 E levantaram estátuas e imagens do bosque, em todos os altos outeiros e debaixo de todas as árvores verdes.

11 E queimaram ali incenso em todos os altos, como as nações que o SENHOR transportara de diante deles; e fizeram coisas ruins, para provocarem à ira o SENHOR.

12 E serviram os ídolos, dos quais o SENHOR lhes dissera: Não fareis estas coisas.

13 E o SENHOR protestou a Israel e a Judá, pelo ministério de todos os profetas e de todos os videntes, dizendo: Convertei-vos de vossos maus caminhos e guardai os meus mandamentos e os meus estatutos, conforme toda a Lei que ordenei a vossos pais e que eu vos enviei pelo ministério de meus servos, os profetas.

14 Porém não deram ouvidos; antes, endureceram a sua cerviz, como a cerviz de seus pais, que não creram no SENHOR, seu Deus.

15 E rejeitaram os estatutos e o concerto que fizera com seus pais, como também os testemunhos com que protestara contra eles; e andaram após a vaidade e ficaram vãos, como também após as nações que estavam em roda deles, das quais o SENHOR lhes tinha dito que não fizessem como elas.

16 E deixaram todos os mandamentos do SENHOR, seu Deus, e fizeram imagens de fundição, dois bezerros; e fizeram um ídolo do bosque, e se prostraram perante todo o exército do céu, e serviram a Baal.

17Também fizeram passar pelo fogo a seus filhos e suas filhas, e deram-se a adivinhações, e criam em agouros; e venderam-se para fazer o que era mal aos olhos do SENHOR, para o provocarem à ira.

18 Pelo que o SENHOR muito se indignou contra Israel e os tirou de diante da sua face; nada mais ficou, senão a tribo de Judá.

19 Até Judá não guardou os mandamentos do SENHOR, seu Deus; antes, andaram nos estatutos que Israel fizera.

20 Pelo que o SENHOR rejeitou a toda semente de Israel, e os oprimiu, e os deu nas mãos dos despojadores, até que os tirou de diante da sua presença.

21 Porque, depois que o Senhor rasgou a Israel da casa de Davi, e eles fizeram rei a Jeroboão, filho de Nebate, Jeroboão apartou a Israel de seguir o SENHOR e os fez pecar um grande pecado.

22 Assim, andaram os filhos de Israel em todos os pecados que Jeroboão tinha feito; nunca se apartaram deles.

23 Até que o SENHOR tirou a Israel de diante da sua presença, como falara pelo ministério de todos os seus servos,

 

JERUSALÉM UMA CIDADE SANGUINÁRIA

A corrupção dentro de Jerusalém tornara seu julgamento inevitável. Aqui se menciona alguns pecados específicos, inclusive a idolatria, o abuso de poder, a falta de respeito para com os pais, a negligência para com as viúvas e órfãos, a profanação do sábado, o incesto (união ilícita entre parentes), o suborno e a usura.

A violência tomava conta da cidade. Em todo o capítulo há referência ao derramamento de sangue inocente (cf. Ezequiel 22.3-4, 6, 9,12-13,27). Os príncipes e oficiais civis assumiam a liderança nesse sentido, oprimindo os pobres e indefesos. Até os líderes religiosos eram corruptos. Os sacerdotes não instruíam o povo na lei e não faziam distinção entre o sagrado e o profano.

Os falsos profetas proclamavam mentiras em nome do Senhor.

Quando o Senhor procurou um homem que intercedesse pela nação, não encontrou ninguém.

Por conseguinte, Ele purificaria a cidade por meio do julgamento e dispersaria o povo entre as nações.

Comentário do livro Manual Bíblico Vida nova

 

DEUS USOU O PROFETA JEREMIAS PARA ALERTAR JUDÁ, O REINO SUL, QUE ELES SOFRERIAM A CONSEQUÊNCIA DO SEU PECADO.

Jeremias 22.5-9 - Mas, se não derdes ouvidos a estas palavras, por mim mesmo tenho jurado, diz o SENHOR, que esta casa se tornará em assolação.

6  Porque assim diz o SENHOR acerca da casa do rei de Judá: Tu és para mim Gileade e a cabeça do Líbano; mas por certo que farei de ti um deserto e cidades desabitadas.

7  Porque prepararei contra ti destruidores, cada um com as suas armas; e cortarão os teus cedros escolhidos e lançá-los-ão no fogo.

8  E muitas nações passarão por esta cidade, e dirá cada um ao seu companheiro: Por que procedeu o SENHOR assim com esta grande cidade?

9  Então, responderão: Porque deixaram o concerto do SENHOR, seu Deus, e se inclinaram diante de deuses alheios, e os serviram.

Jeremias 25.8-10 - Portanto, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Visto que não escutastes as minhas palavras,

9  eis que eu enviarei, e tomarei a todas as gerações do Norte, diz o SENHOR, como também a Nabucodonosor, rei da Babilônia, meu servo, e os trarei sobre esta terra, e sobre os seus moradores, e sobre todas estas nações em redor, e os destruirei totalmente, e pô-los-ei em espanto, e em assobio, e em perpétuos desertos.

10  E farei perecer, entre eles, a voz de folguedo, e a voz de alegria, e a voz do esposo, e a voz da esposa, e o som das mós, e a luz do candeeiro.

 

Jeremias profetizou que Judá iria para o CATIVEIRO, e lá ficaria POR um período de 70 anos.

Jeremias 25.11 - E toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto, e estas nações servirão ao rei da Babilônia setenta anos.

Jeremias 25.12 - Acontecerá, porém, que, quando se cumprirem os setenta anos, visitarei o rei da Babilônia, e esta nação, diz o SENHOR, castigando a sua iniqüidade, e a da terra dos caldeus; farei deles um deserto perpétuo.

Jeremias 29.10 - Porque assim diz o SENHOR: Certamente que, passados setenta anos na Babilônia, vos visitarei e cumprirei sobre vós a minha boa palavra, tornando-vos a trazer a este lugar.

 

JEREMIAS LEMBRA O POVO QUE DEUS HAVIA ENVIADO SEUS  PROFETAS

 MADRUGANDO E FALANDO, PORÉM NÃO LHES DERAM OUVIDOS

 

Jeremias 7.13 - Agora, pois, porquanto fazeis todas estas obras, diz o SENHOR, e eu vos falei, madrugando e falando, e não ouvistes, chamei-vos, e não respondestes,

Jeremias 7.25 - Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito até hoje, enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias madrugando e enviando-os.

Jeremias 11.7 - Porque, deveras, protestei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, até ao dia de hoje, madrugando, e protestando, e dizendo: Dai ouvidos à minha voz.

Jeremias 25.3 - Desde o ano treze de Josias, filho de Amom, rei de Judá, até este dia (que é o ano vinte e três), veio a mim a palavra do SENHOR, e vo-la anunciei a vós, madrugando e falando; mas vós não escutastes.

Jeremias 25.4 - Também vos enviou o SENHOR todos os seus servos, os profetas, madrugando e enviando-os (mas vós não escutastes, nem inclinaste os ouvidos para ouvir),

Jeremias 26.5 - Para que ouvísseis as palavras dos meus servos, os profetas, que eu vos envio, madrugando e enviando, mas não ouvistes.

Jeremias 29.19 - Porquanto não deram ouvidos às minhas palavras, diz o SENHOR, enviando-lhes eu os meus servos, os profetas, madrugando e enviando; mas vós não escutastes, diz o SENHOR.

Jeremias 32.33 - E viraram para mim as costas e não o rosto; ainda que eu os ensinava, madrugando e ensinando-os, eles não deram ouvidos para receberem o ensino;

Jeremias 35.15 - E vos enviei todos os meus servos, os profetas, madrugando, e enviando, e dizendo: Convertei-vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses para servi-los; e assim ficareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; mas não inclinastes os ouvidos, nem me obedecestes a mim.

Jeremias 44.4 - E eu vos enviei todos os meus servos, os profetas, madrugando e enviando a dizer: Ora, não façais esta coisa abominável que aborreço.

 

A derrota de Judá foi o castigo divino contra um povo obstinado e impenitente (NÃO ARREPENDIDO, CÍNICO) que continuou nos pecados terríveis de ManassÉs.

 

Mentira, imoralidade, prostituição, injustiça, violência, repúdio a palavra de Deus, sacrifício dos filhos no fogo, violência com as mulheres grávidas, idolatria, apostasia e avareza,  chegara ao seu extremo. Até os sacerdotes e profetas falavam mentiras.

 

MENTIRA

Jeremias 9.3 - E estendem a língua, como se fosse o seu arco para a mentira; fortalecem-se na terra, mas não para a verdade, porque avançam de malícia em malícia e a mim me não conhecem, diz o SENHOR.

Jeremias 9.5 - E zombará cada um do seu próximo, e não falam a verdade; ensinam a sua língua a falar a mentira; andam-se cansando em obrar perversamente.

Ezequiel 13.9 - E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; na congregação do meu povo, não estarão, nem nos registros da casa de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor JEOVÁ.

Ezequiel 13.19 - Vós me profanastes entre o meu povo, por punhados de cevada e por pedaços de pão, para matardes as almas que não haviam de morrer e para guardardes vivas as almas que não haviam de viver, mentindo, assim, ao meu povo que escuta a mentira.

Ezequiel 22.28 - E os seus profetas têm feito para eles reboco de cal não adubada, vendo vaidade, e predizendo-lhes mentira e dizendo: Assim diz o Senhor JEOVÁ; sem que o SENHOR tivesse falado.

Oséias 11.12 - Efraim me cercou com mentira, e a casa de Israel, com engano; mas Judá ainda domina com Deus e com o Santo está fiel.

Oséias 12.1 - Efraim se apascenta de vento e segue o vento leste; todo o dia multiplica a mentira e a destruição, e fazem aliança com a Assíria, e o azeite se leva ao Egito.

Zacarias 10.2 - Porque os terafins têm falado vaidade, e os adivinhos têm visto mentira e descrito sonhos vãos; com vaidade consolam; por isso, vão como ovelhas, estão aflitos, porque não há pastor.

 

FALSIDADE

Jeremias 5.30-31 - Cousa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra.

Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja; e que fareis no fim disso?

Jeremias 6.13-14 - Porque, desde o menor deles até ao maior, cada um se dá à avareza; e, desde o profeta até ao sacerdote, cada um usa de falsidade.

14- E curam a ferida da filha do meu povo levianamente, dizendo: Paz, paz; quando não há paz.

Jeremias 29.8-9 - Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos que sonhais.

Porque eles vos profetizam falsamente em meu nome; não os enviei, diz o SENHOR.

 

Imoralidade e prostituição:

Jeremias 5.7-9 - Como, vendo isso, te perdoaria? Teus filhos me deixam a mim e juram pelos que não são deuses; depois de os eu ter fartado, adulteraram e em casa de meretrizes se ajuntaram em bandos;

8  como cavalos bem fartos, levantam-se pela manhã, rinchando cada um à mulher do seu companheiro.

9  Deixaria eu de castigar estas coisas, diz o SENHOR, ou não se vingaria a minha alma de uma nação como esta?

Jeremias 9.2 - Prouvera a Deus eu tivesse no deserto uma estalagem de caminhantes! Então, deixaria o meu povo e me apartaria dele, porque todos eles são adúlteros, são um bando de aleivosos;

Ezequiel 16.28-29 - Também te prostituíste com os filhos da Assíria, porquanto eras insaciável; e, prostituindo-te com eles, nem ainda assim ficaste farta;

29 Antes, multiplicaste as tuas prostituições na terra de Canaã até à Caldéia e nem ainda com isso te fartaste.

Ezequiel 22.15 - E espalhar-te-ei entre as nações, e espalhar-te-ei pelas terras, e porei termo à tua imundícia.

Ezequiel 23.14 - E aumentou as suas impudicícias,(sem-vergonhismo, despudoramento) porque viu homens pintados na parede, imagens dos caldeus, pintadas de vermelho;

Oséias 6.10 - Vejo uma coisa horrenda na casa de Israel: ali está a prostituição de Efraim; Israel é contaminado