" A VERDADE QUE LIBERTA OU A MENTIRA QUE CONDENA?"

19/08/2011 09:38

 CATOLICISMO - Os Escapulários São Meios de Salvação? 

Os Escapulários

Os Escapulários — Outro Evangelho, Outro Modo de Obter a Salvação e a Vida Eterna

A doutrina católica romana ensina que uma pessoa pode escapar do "fogo eterno" se morrer com um escapulário (também chamado de bentinhos) em volta do pescoço! Esse plano de salvação alternativo é o "outro evangelho" sobre o qual o apóstolo Paulo advertiu. 

Antes de começarmos a examinar o ensino católico sobre os escapulários, vejamos as proibições bíblicas sobre os acréscimos às Escrituras e, especialmente a proibição à pregação de outro evangelho, diferente daquele que foi anunciado por Jesus Cristo e por seus apóstolos. 

Não podemos fazer acréscimos às Escrituras

"O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar." [Mateus 24:35].

"Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido." [Mateus 5:18].

Se Jesus disse que nenhum jota e nem um til passarão até que ele volte, como então os homens se atrevem a eliminar as palavras que o Senhor ainda considera válidas?

"Não acrescenteis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que eu vos mando." [Deuteronômio 4:2].

"Tudo o que eu te ordeno, observarás para fazer; nada lhe acrescentarás nem diminuirás." [Deuteronômio 12:32].

"Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso." [Provérbios 30:5-6].

Você observou que Deus chama a pessoa que faz acréscimos à sua palavra de mentiroso? O mesmo se aplica àquele que remover algo da Palavra de Deus. Neste ponto, precisamos lembrar que quase todas as Tradições da Igreja Católica Romana são "acréscimos" às Escrituras! Assim, também são proibidas (e devem ser rejeitadas).

"Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro." [Apocalipse 22:18-19].

Essa advertência é do próprio Jesus Cristo e é muito severa. Ele parece estar dizendo que negará a entrada nos céus a qualquer pessoa que faça acréscimos ou remoções na sua palavra. No entanto, essa advertência é apenas uma repetição das anteriores.

Os Escapulários Oferecem um Modo Fácil e Barato de "Escapar do Fogo Eterno"

Vamos examinar agora o que a Igreja Católica ensina sobre os escapulários. O Novo Catecismo de São José de Baltimore define os escapulários assim: "Escapulário — dois pedaços quadrados de pano ligados por cordões que são colocados em torno do pescoço, um na frente e outro atrás; o uso do escapulário confere indulgências". [pg 250].

Em seguida, na página 224, na seção intitulada "Os Sacramentais", a questão dos escapulários é discutida novamente. "Quais são os objetos bentos de devoção mais usados pelos católicos?" Resposta: Os objetos bentos de devoção mais usados pelos católicos são: água benta, velas, cinzas, palmas, crucifixos, medalhas, rosários, escapulários e as imagens de Nosso Senhor, da Virgem Bendita e dos santos".

Agora que sabemos o que é um escapulário, quais são os ensinos referentes ao seu uso? Adquirimos um escapulário em uma livraria católica no Santuário La Salette, em Attleboro, Massachusetts. Dentro do pacote havia um panfleto que descrevia a importância do escapulário. O título dizia:

"Atribua Grande Importância ao seu Escapulário — É uma Garantia da Salvação"

"Aquele que morrer vestindo seu escapulário não sofrerá o fogo eterno" — Promessa de Maria a São Simão Stock, 16/7/1251"

"Seu escapulário deve ter então um profundo significado para você. É um rico presente trazido dos céus por Nossa Senhora em pessoa. 'Vista-o com devoção e perseverança', ela diz a cada um. 'É a minha vestimenta. Estar com ele significa que você pensa em mim continuamente, e eu, da minha parte, sempre estarei pensando em você e ajudando-o a obter a vida eterna."

"Santo Alfonso disse: Do mesmo modo como os patrões sentem orgulho vendo seus empregados vestindo uniformes, assim também a santíssima Maria fica feliz quando seus servos vestem seus escapulários, como um sinal de que estão dedicados ao seu serviço e que são membros da família da Mãe de Deus."

"A verdadeira devoção à Maria consiste em veneração — confiança, amor. Usar o escapulário é um modo de dizer à Maria que a veneramos, amamos e que confiamos nela."

"O escapulário é uma oração. Nosso Senhor nos ensinou a dizer o Pai Nosso. Maria nos ensinou o valor do escapulário. Quando o usamos como uma reza, Nossa Senhora leva-nos para perto do Sagrado Coração de seu Divino Filho. Portanto, é uma boa coisa ter o escapulário nas mãos ao rezar à Nossa Senhora." [Ênfase no panfleto].

"Uma reza proferida com o escapulário místico nas mãos é a mais perfeita que pode ser feita. É especialmente nas horas da tentação que precisamos da poderosa intercessão da Mãe de Deus; o espírito maligno nada pode contra aquele que enfrenta a tentação invocando Maria e portando o escapulário em sua silenciosa devoção."

"Se estivesses dedicado a mim, não terias incorrido em tal perigo', foi a gentil repreensão de Nossa Senhora ao beato Alan.' [Ênfase no panfleto].

"Como você ama o escapulário de Maria, venere-o freqüentemente." [Ênfase no panfleto].

"O papa Bento XV conferiu uma indulgência parcial cada vez que o escapulário for beijado. A maternidade de Maria não está limitada aos católicos; está estendida a todos os homens. Muitos milagres de conversão já foram realizados em favor de bons não-católicos que praticaram a devoção ao escapulário." [Ênfase no panfleto].

"Eu queria saber se Maria real e verdadeiramente se interessava por mim e pelo escapulário. Ela me deu a mais tangível certeza. Apenas preciso abrir meus olhos. Ela colocou sua proteção no escapulário: Aquele que morrer usando o escapulário não sofrerá o fogo eterno.' Beato Cláudio de la Colombière" [Ênfase no original].

"O livro Sign of Her Heart (sobre o escapulário) e outros títulos, folhetos e artigos religiosos podem ser adquiridos na: The Blue Army of Our Lady of Fátima, Washington, NJ 07882." 

"Imprimatur: Thomas O´Leary, D.D., Bispo de Springfield"

O Verdadeiro Evangelho Segundo Jesus Cristo e Seus Apóstolos

Vamos revisar novamente o ensino básico apresentado pelo panfleto sobre o escapulário:

"Aquele que morrer vestindo o escapulário não sofrerá o fogo eterno." — Promessa de Maria a São Simão Stock, 16/7/1251"

Este não é o evangelho, as boas novas pregadas por Jesus Cristo e por seus apóstolos! Vamos examinar a verdadeira salvação da condenação eterna. O próprio Jesus Cristo a enunciou para nós, em João 3:16,18:

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus."

De acordo com essa passagem, e muitas outras no Novo Testamento, a salvação depende unicamente da fé em Jesus Cristo! Leia novamente as palavras de Jesus Cristo: "Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado; porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus."

Vamos revisar a última frase: "Quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus." Você vê aqui alguma menção sobre o uso do escapulário ou a confiar no escapulário, ou em confiar em Maria, para a salvação? Não, não vê!! Após ler todo o panfleto que promete o livramento do "fogo eterno" para quem morrer usando o escapulário, não pude deixar de observar que o nome de Jesus nem sequer é mencionado!! No entanto, de acordo com as próprias palavras de Jesus Cristo, a salvação depende unicamente de crer no seu nome! Leia novamente: "Quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.".

Deus é Ciumento e Não Aceita Dividir Sua Glória

Esse panfleto fala muito sobre a devoção à Maria e ao escapulário. Observe que no texto citado anteriormente, Jesus Cristo fala sobre a verdadeira devoção que devemos lhe dar. "Quem crê nele não é condenado.".

Além disso, precisamos observar neste ponto que Deus disse que é um Deus zeloso, que não compartilha sua glória com ninguém. Veja Êxodo 20:4-5, em que Deus proíbe a fabricação e a adoração às imagens de escultura. Veja também Êxodo 34:14, Deuteronômio 4:24; 5:9; 6:15; Josué 24:19-20.

Finalmente, observe o que Deus acha de dar sua glória a outrem:

"Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura." [Isaías 42:8; Deus referencia aqui as imagens de escultura]. 

"Por amor de mim, por amor de mim o farei; porque, como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem." [Isaías 48:11]. Essa apresentação do escapulário como uma forma de escapar do fogo eterno constitui outro modo de ir aos céus, outro evangelho. Como mencionei anteriormente, em todo o panfleto não há sequer uma menção ao nome de Jesus Cristo. Isso é sério, pois somos salvos do fogo eterno somente pelo nome e pelo sacrifício de sangue de Jesus Cristo.

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." [João 14:6] Ninguém pode ir ao Pai que está nos céus senão por meio de Jesus Cristo!

Além disso, esse "outro evangelho" desconsidera o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Na verdade, faz um grande desserviço ao sacrifício pelo qual somos libertos dos nossos pecados e salvos do fogo eterno. Não se engane sobre o tremendo fato que a vida, ministério e morte de Jesus Cristo na cruz custaram-lhe muito caro e não deve ser negligenciado por ensinos tolos como esse do escapulário! Na verdade, o ensino sobre o escapulário expõe Jesus Cristo e seu sacrifício na cruz a um contínuo vitupério, pois é como se dissesse a Jesus Cristo que seu sacrifício não foi suficiente para salvar os pecadores do fogo eterno; você está lhe dizendo que precisa "acrescentar" o ensino sobre o escapulário. A Bíblia ensina que ninguém pode ser salvo enquanto estiver expondo o Filho de Deus ao vitupério contínuo. Veja:

"Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, e recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério." [Hebreus 6:4-6].

Você compreendeu essa frase? Enquanto você continuar a expor Jesus Cristo à vergonha e à desgraça contínua, não poderá ser salvo! Não somente a Missa expõe Jesus Cristo ao vitupério e à desgraça continuamente, mas também esse ensino que seu sacrifício na cruz não é suficiente para salvá-lo, de modo que você também precisa dar sua devoção à Maria por meio de muitas coisas, inclusive essa tolice do escapulário.

Esta é uma advertência de Deus a você, meu amigo católico. Quando dedica sua calorosa devoção a qualquer objeto de adoração que não seja o próprio Deus ou Jesus Cristo, está condenando sua alma eterna ao inferno. Sempre que alguma pessoa na Igreja Católica Romana, o encoraja a fazer devoção à Maria, aos santos ou aos "objetos bentos", como o escapulário, está condenando sua alma ao inferno.

Permita que o apóstolo Paulo tenha a palavra final sobre a questão. Como o ensino sobre o escapulário é "outro evangelho", outro modo de ir aos céus, as palavras de Paulo, têm um novo significado. Veja:

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema." [Gálatas 1:8-9]. 

Paulo repete a advertência para enfatizar bem. Ele usa a palavra "anátema", que é equivalente a dizer "que vá para o inferno". Portanto, ele está dizendo que, quando uma pessoa propõe outro evangelho, "que vá para o inferno"!

Busque somente em Jesus Cristo sua salvação, meu amigo. Oramos para que o Espírito Santo abra seu coração e sua mente para que reconheça a verdade destas palavras. Oramos para que sua ardente devoção seja oferecida somente a Jesus Cristo, o amado das nossas almas, como ele exige em João 3:18. Nós o amamos no Senhor Jesus Cristo e queremos que veja a verdade e confie somente em Jesus Cristo para sua salvação!

O Senhor Jesus Cristo exige que esse tipo de devoção seja dado a ele somente! [Leia João 3:16-18 novamente o número de vezes que for necessário até compreender essa verdade fundamental.] A Igreja Católica Romana está mentindo para você e sua alma eterna está em jogo.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá.