" JESUS CRISTO QUE É A PALAVRA ENCARNADA PRECISA SER O CENTRO DAS NOSSAS VIDAS PARA TERMOS UMA VIDA CENTRADA NA VERDADEIRA JUSTIÇA " Parte 1

13/11/2011 10:11

 

"Destrua o mal pela raiz. Ensina a criança no caminho em que deve andar. E ainda quando for velho, não se desviará dele."
Provérbios 22:6.


 

Igreja, Escola E Família – Uma Aliança Estratégica Para O Reino De Deus

 

Situação da Educação na Sociedade

 

Vemos a questão da educação ganhando destaque crescente no cenário político e econômico do Brasil. Não bastassem os problemas locais, temos ainda sido bombardeados com pressões de diversas autoridades internacionais em relação às prioridades em nosso país, comparado a outros países emergentes. Os dados apontam para uma situação calamitosa:

  • Temos 37 milhões de analfabetos, o pior índice da América Latina, e uma das mais baixas escolaridades do mundo em relação ao potencial econômico. Perdemos para o Haiti e o Gabão (Exame, 12/1994);
  • Somente 22% dos alunos ingressos no 1º Grau completam a  8a.  série, e apenas 6% chegam à universidade. O custo da repetência do 1º Grau chega a R$ 5 bilhões na rede pública (Folha SP, 7/1994; OESP, 7/1995);
  • Ao ritmo atual de escolarização, apenas no ano 2100 o Brasil terá 95% de uma geração com o 1º. Grau completo e somente no ano 3080 90% terá concluído o 2º. (Nova Escola, 12/1993);
  • É mais provável que uma criança negra da Baixada Fluminense no Rio de Janeiro ou da Zona Leste de São Paulo morra num tiroteio do que chegue à universidade ( Veja, 11/1991).

Nesse contexto, educação não é questão de oportunidade ou conveniência política. É algo estratégico, visceral para o bem de uma sociedade e fundamental para que o indivíduo realize todo potencial de sua vocação. Há muito que países desenvolvidos entenderam o caráter estratégico da educação para competir no cada vez mais complexo e globalizado mercado mundial.

 

Conceito de Educação

 

Contudo, educação não é apenas o processo de transferir conteúdos acadêmicos, mas todo conjunto de instruções, disciplinas e práticas que visam preparar a próxima geração para cumprir um ideal mais elevado. Agregar conhecimento sem dar sentido a ele, sem a implicação moral de utilidade e cumprimento de um propósito transcendente ao indivíduo, é negar a história e a própria natureza da humanidade.

Falamos de caráter, o valor interior capaz de forjar o valor exterior e superar a natureza decaída do homem. O caráter se molda a partir dos valores familiares, do relacionamento e exercício de princípios éticos que consolidem uma identidade interior.

No mundo dos negócios a ética e o sentido do bem comum tem lugar em toda empresa de sucesso que permanece. O custo Brasil seria certamente minimizado se trabalhássemos por uma nova geração de brasileiros que buscasse vencer não pela esperteza ou pelo jeitinho.

Muitos pais, educadores e psicólogos tem refletido sobre a situação da agressividade na adolescência, que cresceu assustadoramente no Brasil e no mundo. O adolescente de hoje enfrenta um mundo de drogas, violência, imoralidade como nunca antes. Os estragos em sua vida comprometem o casamento e a família, ou seja, as próximas gerações.

Nos EUA mais de 1 milhão de adolescentes engravidam por ano, com 40% terminando em aborto. No Brasil uma adolescente brasileira aborta ou tem um filho a cada 30 segundos, sendo quase metade resultante de namoro irresponsável.

O problema não é novo, porém tem piorado muito em nossos tempos pela visão moderna da criança e da educação.  Os pais não tem tempo para os filhos, assim criaram artifícios para substituí-los: a televisão, o vídeo-game, a creche, a escola, a empregada, os avós, a rua.

Nesse contexto, é natural que a tarefa de educar seja ingrata, além do que a maioria dos pais hoje  sente-se  despreparada  para  fazê-lo .  Em pesquisa realizada pelo Dr. Dóbson há alguns anos atrás com pais cristãos nos EUA, mais de 70% reconheceram que tem dificuldades em educar seus filhos.

 

Visão Bíblica de Educação

 

Como ficam os pais evangélicos, que tem compromisso com os elevados padrões de Deus e prezam seus valores familiares? E qual é o papel da igreja nesse cenário, em sua missão de expandir o Reino de Deus através de suas famílias constituintes?

Vemos biblicamente que os filhos são herança do Senhor (Sl 127:3 "Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão."). A família é uma instituição divina, estabelecida para gerar filhos para Deus. A   Igreja foi comissionada para gerar discípulos do Senhor, que sejam filhos de Deus (Is 54:13 "Todos os teus filhos serão ensinados do SENHOR; e será grande a paz de teus filhos."). Como pais e educadores cristãos, nossa missão é fazer dos filhos discípulos do Senhor, que amem o Mestre e estejam prontos para seguí-Lo. Se descuidarmos da herança do Senhor, nossa luta será em vão.

Segundo, os filhos são a próxima geração, para continuar o chamado de Deus sobre a casa, sobre a igreja e sobre a nação. Deus espera que dediquemos tempo instruindo nossos filhos para entenderem o Seu mover em sua geração (Sl 78:4-8 " não o encobriremos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do SENHOR, e o seu poder, e as maravilhas que fez. Ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, e ordenou a nossos pais que os transmitissem a seus filhos, a fim de que a nova geração os conhecesse, filhos que ainda hão de nascer se levantassem e por sua vez os referissem aos seus descendentes; para que pusessem em Deus a sua confiança e não se esquecessem dos feitos de Deus, mas lhe observassem os mandamentos; e que não fossem, como seus pais, geração obstinada e rebelde, geração de coração inconstante, e cujo espírito não foi fiel a Deus.").

A Palavra de Deus é o fundamento da educação de nossos filhos, ligando gerações de fiéis através da história (Hb 12:1-2 "Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.").

Como pais e educadores cristãos, devemos preparar a próxima geração para cumprir o propósito de Deus na história, com entendimento e com determinação (Et 8:6 " Pois como poderei ver o mal que sobrevirá ao meu povo? E como poderei ver a destruição da minha parentela?"; At 13:36 " Porque, na verdade, tendo Davi servido à sua própria geração, conforme o desígnio de Deus, adormeceu, foi para junto de seus pais e viu corrupção.").

Educar uma criança é trabalhar num projeto de vida, e que os pais são os responsáveis diante de Deus. Vemos que biblicamente isso é possível tendo a Palavra de Deus como fundamento e Cristo como modelo ( 2 Tm 3:16-17 " Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. "; 1 Co 3:11 " Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo. ").