ADCÇÃO ( Dependência )

Definição de Prevenção

 Prevenção consiste na redução da demanda do consumo de drogas. Neste caso, as ações têm como objetivo fornecer informações e educar os jovens a adotarem hábitos saudáveis e protetores em suas vidas. Espera-se que as pessoas, não usem, diminuam ou parem de consumir drogas.
 
Existem três níveis de prevenção, cada um com os seus objetivos próprios:
 
A prevenção primária quer evitar ou retardar a experimentação do uso de drogas. Portanto, refere-se ao trabalho que é feito junto as pessoas que ainda não experimentaram, ou jovens e adolescentes que estão na idade em que costumeiramente se inicia o uso.
 
A prevenção secundária tem como objetivo atingir as pessoas que já experimentaram e que fazem um uso ocasional de drogas, com intuito de evitar que o uso se torne nocivo, com possível evolução para dependência. Na prevenção secundária há instituições e ou pessoas preparadas para orientar e trabalhar este problema de forma preventiva afim de evitar danos maiores a vida.
 
A prevenção terciária corresponde ao tratamento do uso nocivo ou da dependência. Portanto esta abordagem já é mais especifica e necessita de uma intervenção direta, pois o individuo já não tem mais o controle da sua vida.
Orienta-se a busca de uma instituição ou a fundação de uma para este propósito, preparado para trabalhar esta questão e auxiliar o individuo a restaurar os seus valores e principalmente o controle da sua vida. Assim, o objetivo da prevenção terciária é eliminar as conseqüências de um uso já continuo e intenso sendo, em geral, estratégias voltadas para a reabilitação e reinserção social do indivíduo.
 
Prevenção nas Escolas
 
A escola tem um papel fundamental no desenvolvimento sadio do adolescente e do adulto, pois contribui para a formação global do jovem e da sociedade.
Qual a relação entre educação e prevenção?
A prevenção ao uso de drogas é uma atitude a ser adquirida desde a infância e promovida durante toda a vida.
 
Assim, o papel da escola na prevenção é educar crianças e jovens a buscarem e desenvolverem sua identidade e subjetividade, promover e integrar a educação intelectual e emocional, incentivar a cidadania e a responsabilidade social, bem como garantir que eles incorporem hábitos saudáveis no seu cotidiano. 
 
Trata-se de discutir o projeto de vida dos alunos e da sociedade.
 
Neste sentido, intituições do segmento e ou pessoas capacitadas propõe a ser instrumento de auxilio a comunidade escolar para fornecer condições e informações necessárias aos educadores, através de um programa de educação continuada, para tratarem desta problemática com seus alunos.
Há instituições e/ou pessoas que desenvolvem palestras informativas sobre o uso e abuso de drogas e incentiva os alunos a terem um estilo de vida saudável.
Prevenção nas Igrejas
 
A igreja é uma comunidade que agrega todas as classes sociais e todas as faixas etárias. Portanto acreditamos que é um local importantíssimo para trabalhar a prevenção.
Há várias instituições, onde o Desafio Jovem é um ministério que nasceu em 1958 pelo ardor evangelistico do Pastor David Wilkerson. Desde então o Desafio Jovem vem auxiliando as igrejas a previnir, trabalhar, e tratar a problemática das drogas. O trabalho de prevenção nas igrejas visa a informação sobre este tema e também tem o propósito de auxiliar a igreja no cuidado primário das pessoas que sofrem da dependência das drogas.
 
A igreja também pode tornar-se um agente preventivo com o auxilio de intituições e ou pessoas com um local reservado para o atendimento ambulatorial dos dependentes e também um espaço para o aconselhamento de famílias que enfrentam estes problemas. Através deste princípio os dependentes podem entrar para um o programa de recuperação.
 
Várias instituições e também  o Desafio Jovem tem um curso preparado para ministrar as igrejas sobre a implantação deste programa inicial.
 
Prevenção nas Empresas
 
Como qualquer segmento da sociedade, as empresas não se encontram isentas do grave problema do uso de drogas. O uso de drogas no ambiente de trabalho aumenta os fatores de risco para a saúde e segurança dos funcionários e traz conseqüências de acidentes profissionais com custos materiais e humanos. Empresas que têm uma política de "Ambiente de Trabalho Livre de Drogas" buscam e promovem um ambiente saudável, seguro, produtivo e comprometido com a qualidade de vida dos funcionários.
 
O controle de drogas no ambiente de trabalho inclui programas de educação e orientação através de palestras informativas. No caso de detecção do uso de drogas, há instituições e ou pessoas  preparadas para abordar o individuo e encorajá-lo para o tratamento de recuperação e proporcionar a sua reinserção no meio laboral.
 
Programas de prevenção e controle do uso de drogas promovem uma redução significativa de acidentes de trabalho, acidentes pessoais, perdas patrimoniais. Além disso, é também uma exigência legal para as empresas com mais de 50 funcionários segundo a Portaria 3214 /78 do Ministério do Trabalho.
 
há pessoas capacitadas e várias instituições e também o Desafio Jovem esta preparado para ministrar palestras e orientar pessoas prevenindo este mau que assola nossa sociedade.